RFID Noticias

Embratel lança IoT para gestão na área de saúde

Começando pelo Controle de Condições Ambientais, os sensores de temperatura e umidade são distribuídos em pontos estratégicos das farmácias. Esses sensores, por meio de uma rede mesh local, enviam as informações para um gateway de comunicação dentro da farmácia, que faz o uplink dos dados para a internet, por meio da rede NB-IoT da Embratel/Claro.

Em seguida, os dados são armazenados no banco de dados da aplicação, que fica disponível para acesso online pelo proprietário da farmácia. Nessa aplicação, é possível acompanhar o histórico das medições e alarmes, extração de relatórios, acompanhamento do funcionamento dos dispositivos, entre outras informações.

Já o Conservador de Vacinas, junto com seus sistemas de controle de temperatura, possui um módulo de comunicação, que faz o uplink dos dados para a Internet, por meio da rede NB-IoT da Embratel/Claro. De forma similar ao Controle de Condições Ambientais, as informações são enviadas para uma aplicação, que permite ao proprietário da farmácia acessar online as medições, relatórios e alertas.

"No caso do Conservador de Vacinas, o sistema permitirá um monitoramento contínuo de temperatura e umidade, e será capaz de sinalizar defeitos de funcionamento, porta aberta e parada de energia elétrica", nota Elisabete. "Com essa abordagem, os clientes conseguem eliminar etapas custosas de instalação de infraestrutura de rede ou WiFi e reduzir o tempo da equipe necessário para monitorar o equipamento, melhorando a qualidade da atividade e minimizado o risco de descarte necessário de produtos de alto valor agregado, como as vacinas".

O conservador com a tecnologia embarcada está em fase de ensaios para certificação pela Anatel e InMetro. "Uma vez certificado, as farmácias poderão dispensar registros manuais de temperatura e umidade, tornando a sua relação com o órgão regulador mais previsível e menos onerosa", prevê.

Segundo a executiva da Embratel, o processo de desenvolvimento de soluções de IoT na companhia acontece em várias etapas com empresas parceiras até chegar a uma solução ideal para o cliente. "Por isso, estamos seguros que as ofertas da Embratel são as melhores do mercado", diz Elisabete. Para ela, somente com esse formato é possível trabalhar nas quatro camadas da Internet das Coisas – dispositivos, conexão, integração e aplicações – e atender integralmente às demandas dos clientes.