RFID Noticias

Desenvolvimento em mesh avança para BLE

Porta-vozes do Bluetooth World e do Bluetooth Special Interest Group relatam surto de produtos Bluetooth Mesh para prédios e residências inteligentes

Por Claire Swedberg

25 de outubro de 2018 - O Bluetooth Special Interest Group (SIG) comemorou seu aniversário de 20 anos no Bluetooth World 2018, que aconteceu em Santa Clara, Califórnia, nos dias 18 e 19 de setembro, com uma oferta mais ampla de soluções que incluem o Bluetooth Mesh, o uso de beacons Bluetooth em edifícios inteligentes e áudio baseado em Bluetooth. Após o evento, Ken Kolderup, vice-presidente de marketing da Bluetooth SIG, especulou que essas tendências estão levando o Bluetooth a uma nova era.

Grande parte desse crescimento é alimentado pelo padrão Bluetooth Mesh, lançado em julho de 2017. Desde então, mais de 65 produtos com capacidade de rede em malha foram lançados, informa o Bluetooth SIG. Fornecedores de tecnologia Bluetooth Mesh incluem Cypress, MindTree, Nordic Semiconductor, Silicon Labs, Silvair e Qualcomm.

No evento Bluetooth SIG, muitos dos programas, discussões e painéis foram centrados em torno do Bluetooth Mesh e sua trajetória em controles de iluminação. Isso levou a implantações baseadas em IoT que poderiam incluir gerenciamento de ativos, bem como monitorar a ocupação e o status de manutenção predial.

Uma função oferecida pelo Bluetooth Mesh é permitir que os edifícios digitais forneçam dados para um gêmeo digital de um prédio, a fim de ajudar a gerenciar seu uso e atividade dentro dele. Por exemplo, disse Szymon Slupik, presidente e CTO da Silvair, a manutenção de edifícios em hotéis pode ser gerenciada pela detecção e transmissão de dados via Bluetooth Mesh se houver um problema como uma luminária queimada.

A detecção de falhas de infraestrutura de construção, Slupik explicou, normalmente é realizada manualmente. A automatização desse processo não apenas reduz o trabalho manual, mas pode melhorar a satisfação dos clientes do hotel. "Se você detectar uma lâmpada avariada antes que o convidado chegue", ele disse, "pense em quanto valor é oferecido" antes que um hóspede faça uma ligação telefônica para reclamar.