RFID Noticias

Anheuser-Busch testa rastreio de barril com RFID

Um sistema RFID UHF da Velociti, com tecnologia da TrackX Holdings, rastreará 5.000 barris de cerveja na fábrica da empresa no Texas

Por Claire Swedberg

18 de outubro de 2018 - A empresa de cerveja Anheuser-Busch InBev está experimentando uma solução de identificação por radiofrequência (RFID) que rastreia barris em sua fábrica no Texas, Estados Unidos, com o objetivo de reduzir a perda dos recipientes, melhorar a eficiência e reduzir a pegada de carbono da empresa. O sistema, fornecido pela TrackX Holdings, foi implantado pela empresa de serviços e suporte de tecnologia Velociti.

O piloto, que deve começar neste mês, tem o objetivo de ajudar a cervejaria a entender os dados sobre os movimentos de seus barris, de acordo com Andrae Kirkland, gerente sênior de excelência de processos de negócios da Anheuser-Busch InBev. Inicialmente, a solução incluirá etiquetas RFID UHF passivas colocadas em 5.000 barris, bem como dois leitores RFID fixos e um portátil.

Andrae Kirkland
Cada barril contém 7,5 galões de cerveja [1 galão equivale a 3,78 litros] e será rastreado à medida que chega e sai da fábrica da cidade de Houston. A solução consiste na plataforma de software baseada em dispositivos da TrackX, conhecida como GAME para itens de transporte retornáveis. Os dados são capturados por meio de leitores de RFID fornecidos pela Impinj.

"A questão que queremos abordar é a gestão de nossos ativos", diz Kirkland, ou seja, os próprios barris. A empresa de bebidas tem uma estrutura logística de três níveis, com a cerveja viajando de suas fábricas para um atacadista e depois para o varejista onde a cerveja seria vendida, como um bar ou restaurante. "Isso abre a oportunidade para a perda", afirma ele.