RFID Noticias

RFID aumenta precisão para monitorar calçados

Se um dos sapatos da caixa estiver programado para ser exibido, um funcionário pode selecionar "Criar rótulo de exibição" e, em seguida, digitalizar o código de barras da caixa. O software identifica o número do Código Eletrônico do Produto (EPC) usado para o rótulo da caixa e também imprime outro rótulo para o tênis, vinculado ao mesmo número EPC, mas identificável como estando em exibição. A impressora imprime outro rótulo, que é anexado à sola do sapato. Os sapatos de exibição são então colocados no chão de vendas, enquanto a caixa e o companheiro do sapato de exibição permanecem no estoque.

Semanalmente, os vendedores acompanham a área de vendas e o estoque com o leitor portátil. Primeiro, indicam onde estão lendo tags e começam a capturar IDs de tag. Depois que o processo for concluído, o software compara os resultados com a contagem de estoque esperada, listando todos os itens no chão e no estoque, junto com todos os estilos de calçados que não estão em exibição, mas que deveriam estar.

Durante a primeira semana em que a loja concluiu a contagem de estoque, descobriu que 10% de seus sapatos não estavam em exibição. Marchese diz que a taxa de discrepância deve ser de cerca de zero agora. Um desafio para uma solução como essa, observa ele, é que muitos fornecedores já aplicam seus próprios rótulos RFID em caixas de sapatos para seus próprios sistemas internos de gerenciamento. Eles podem, por exemplo, usar essas tags para entender quando seus produtos são enviados, bem como para qual varejista.

A varejista precisa usar seus próprios rótulos, no entanto. Portanto, a TAG Company configurou um sistema de filtragem para que o software pudesse desconsiderar leituras de ID de tag desconhecidas. O processo de colocação de tags também deve acomodar as tags EPC UHF RFID existentes em alguns produtos, já que colocar uma tag em cima da outra pode afetar a precisão de leitura da nova tag. "No futuro", afirma Marchese, "a etiquetagem de caixas poderia ser feita no centro de distribuição".

Os sapatos da loja agora têm etiquetas rígidas EAS RFID da Tag Company para detecção na porta, que são removidas no momento da venda, bem como as etiquetas de gerenciamento de estoque impressas no site. A loja tem utilizado o sistema há três semanas até o momento e planeja determinar, nos próximos meses, se há um aumento de vendas correspondente de calçados devido a ter um inventário de calçados de exibição mais preciso.