RFID Noticias

Mineradoras sul-africanas utilizam RFID

Conforme as inspeções ou manutenções são necessárias no local da mineração, os indivíduos se reportam ao site com seu leitor RFID UHF portátil. Eles inserem seu próprio ID no dispositivo, interrogam a tag, vinculam a data e a hora, sua identidade e o item que está sendo atendido. O leitor acessa o conteúdo relacionado a esse item, incluindo o manual que lista as etapas que precisam ser realizadas na visita.

Quando o indivíduo conclui suas tarefas, os dados são atualizados para criar um registro permanente de quais tarefas foram executadas no local. O indivíduo também pode tirar fotos para serem armazenadas com esses dados, o que pode ajudar a ilustrar o que foi feito ou identificar problemas encontrados envolvendo o equipamento.

Ao usar o software para acessar o conteúdo, como operações e procedimentos de manutenção, Dean Parkhouse diz que os provedores de serviços também podem obter treinamento no trabalho. "Isso permite que aumentem suas próprias habilidades e se tornem especialistas nesse equipamento", explica.

A RFID promete tornar o processo de manutenção mais rápido, mais eficiente e mais preciso, diz Syd Parkhouse, com uma funcionalidade automática de coleta de dados. A empresa expandirá seu uso da tecnologia à medida que se acostumar com o que o sistema RFID pode fornecer, observa. "Nós vamos aprender constantemente de site para site e de cada um dos aplicativos", afirma. "Para usar um velho clichê, adotaremos uma cultura de aprendizado contínuo".