RFID Noticias

Notas do Editor: Para varejistas, a estratégia é clara - mas podem executar?

Tornar as compras nas lojas tão fáceis quanto comprar online parece ótimo, mas entregar a experiência aos clientes é muito mais difícil do que alguns podem pensar

Por Mark Roberti

6 de setembro de 2018 - No dia 3 de setembro, o New York Times publicou um artigo intitulado "Hard Lessons (Thanks, Amazon) Breathe New Life Into Retail Stores" [Lições difíceis (Obrigado, Amazon) dão vida nova às lojas de varejo], que diz que o tráfego da loja está em alta. O jornalista afirma que "as lojas que aprenderam a combinar a facilidade e gratificação instantânea de compras de e-commerce estão florescendo, enquanto aqueles que não conseguiram evoluir estão na bancarrota ou à beira dela".

O artigo aponta que "os compradores da Target podem pedir protetor solar ou uma camiseta do Tokidoki Unicorno pelo celular e, no estacionamento da loja, parar e levar os itens para o carro". Os clientes da Nordstrom podem devolver os itens "colocando-os em uma caixa e saindo" e o Walmart usa 25.000 compradores pessoais "para selecionar e empacotar mantimentos para coleta seletiva". O escritor observa que os três varejistas registraram crescimento de vendas acima do esperado para o trimestre mais recente.

Clique aqui e leia o artigo na íntegra.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »