RFID Noticias

Setor chinês de petróleo e gás emprega RFID

A Xerafy está fornecendo soluções RFID UHF para gerenciamento de ferramentas e tubulações em alguns dos ambientes de perfuração mais severos do mundo

Por Claire Swedberg

16 de agosto de 2018 - À medida que a demanda global por petróleo vem crescendo, especialmente na Ásia, as empresas chinesas de petróleo e gás têm sido pressionadas a se tornar o mais eficiente possível, ao mesmo tempo em que atendem às regulamentações do setor e aumentam a segurança. A demanda por energia na China tem aumentado à medida que a nação se desloca para fontes de fornecimento domésticas. O crescimento na exploração e perfuração de petróleo para as necessidades de energia da própria China é uma resposta ao aumento dos preços de importação, de acordo com a Deloitte.

Não há nada fácil em algumas das geografias que o país está direcionando, no entanto. A exploração de petróleo em lugares como a bacia de Junggar, na China, significa que a nação poderia ter acesso a mais petróleo, mas a extração será em regiões áridas, montanhosas e off-shore. Uma forma de as empresas petrolíferas obterem maior eficiência em seus locais de perfuração ou exploração é implantar a identificação por radiofrequência (RFID), porque a tecnologia precisa ser funcional.

O objetivo principal da CNOOC foi a identificação e controle de integridade e ciclo de vida de cada tubulação
Tradicionalmente, os produtores de petróleo e gás rastreavam manualmente as informações sobre a manutenção e o status dos tubos de perfuração, usando formulários em papel. Isso não é prático quando se trata de rastrear dezenas de milhares de peças que são frequentemente usadas em locais remotos, no entanto. Para este caso de uso, a RFID traz benefícios.

Exemplo: a China National Offshore Oil Corporation (CNOOC) e PetroChina Co. estão implantando soluções baseadas em RFID UHF com sistemas da Xerafy para localizar ativos facilmente, quando necessário, mantendo um registro de manutenção e inspeção em alguns dos terrenos mais difíceis da China.

"Há crescente necessidade e urgência para melhor rastreamento de ativos de perfuração com RFID", diz Dennis Khoo, fundador e CEO da Xerafy. Além disso, diz, tem havido uma tendência de usar dados em tempo real para melhorar a eficiência operacional, cumprir as regulamentações do setor, aprimorar a segurança operacional do campo petrolífero e reduzir os custos de gerenciamento de ativos.