RFID Noticias

Alibaba investe na Smartrac e ganha assento no conselho

A gigante do varejo adquiriu parte da empresa de tecnologia RFID Smartrac Group, de olho nas soluções NFC para autenticação e engajamento de marca

Por Claire Swedberg

27 de julho de 2018 - A empresa global de varejo, e-commerce e conglomerado de tecnologia Alibaba Group adquiriu parte do Grupo de Tecnologia Smartrac. Embora a Smartrac tenha se recusado a divulgar a porcentagem de ações que a empresa chinesa adquiriu, o JP Morgan continua sendo o acionista majoritário. Com interesse em produtos e soluções da Smartrac, o presidente da Alibaba, Michael Evans, tornar-se-á o vice-presidente do conselho de supervisão da Smartrac.

O investimento da Alibaba na Smartrac começou há cerca de um ano como uma discussão sobre proteção de marca e engajamento do consumidor, diz Christian Uhl, CEO da Smartrac. A Alibaba é a maior varejista do mundo e uma das maiores empresas baseadas na Internet. De fato, a empresa superou a Amazon, a Microsoft e o Google no crescimento da receita de nuvem pública, de acordo com um estudo do Gartner de 2017. A empresa atende marcas e fabricantes na Ásia e no mundo como um serviço de comércio, bem como com uma variedade de soluções.

Christian Uhl, da Smartrac
Marcas da Ásia e de outros lugares, que vendem produtos de alto valor ou de luxo, continuam a lutar com o desafio de evitar falsificações de seus produtos que vão para lojas ou consumidores, assim como encontrar maneiras de engajar consumidores para melhorar a lealdade e garantir mais vendas. A Alibaba vem explorando maneiras de fornecer soluções baseadas em tecnologia. Embora isso possa, no futuro, consistir em uma etiqueta RFID embutida em produtos que possam estar em conformidade com os padrões RFID NFC e UHF - para gerenciamento de inventário e autenticação - a melhor solução para o engajamento do consumidor é a tecnologia NFC, diz Uhl. "A infraestrutura já está nas mãos dos consumidores", afirma, na forma de smartphones habilitados para NFC.

A Smartrac oferece suas soluções Smart Cosmos que incluem etiquetas e tags de RFID e NFC, uma plataforma de dados de produtos para criar identificações digitais para produtos e um sistema baseado em nuvem para gerenciar identidades digitais. A Alibaba planeja oferecer soluções baseadas em NFC para marcas que vendem produtos através do conglomerado online, para possibilitar que varejistas e consumidores confirmem facilmente a autenticidade de um produto. As empresas podem criar tags Smart Cosmos em suas embalagens de produtos, com um número de identificação exclusivo codificado em cada tag que pode ser vinculado à marca, tipo e unidade de manutenção de estoque (SKU).

Um varejista ou consumidor pode tocar um dispositivo baseado em Android ou iOS na tag para visualizar o conteúdo sobre esse produto. Se o item for falsificado, o usuário não receberá uma tag identificada. No caso dos consumidores, a tag também oferece oportunidades de engajamento. Se a marca escolher, pode vincular cada ID de tag ao conteúdo sobre o produto correspondente, além de outras ofertas para o proprietário do produto, como opções de reordenamento ou descontos em produtos relacionados.

O investimento da Alibaba pode levar a um crescimento significativo de NFC na Ásia, especula Uhl. Até este ponto, diz, marcas e varejistas no continente têm empregado códigos QR para muitas das funções que a NFC oferece em toda a Europa e América do Norte. No entanto, a tecnologia NFC oferece benefícios que os códigos QR são incapazes de oferecer, diz, como permitir um simples toque de um telefone para acessar dados e a capacidade de ser incorporado em embalagens sem ser visto. É improvável que marcas de luxo coloquem um código QR em um rótulo, por exemplo, devido à fraca estética.

A Smartrac já tem presença na Ásia, diz Uhl, com pilotos ou implantações iniciais em andamento na indústria de alimentos para garantir a frescura e a segurança dos produtos alimentícios. Escândalos envolvendo segurança alimentar, como a descoberta de fórmulas infantis contaminadas na China há uma década, levaram as marcas a buscar uma solução tecnológica para rastrear a cadeia de suprimentos de produtos consumíveis.

O investimento da Alibaba na Smartrac serve como uma confirmação do que a empresa de tecnologia oferece, diz Uhl. "Nós vemos isso como um acelerador" para a adoção de NFC na Ásia e no mundo, afirma.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »