RFID Noticias

Sistema reduz tempo de socorro a trabalhador

O resultado foi obtido pela construtora Gilbane Building no intervalo entre um pedido de ajuda até o atendimento de um indivíduo em situação de emergência

Por Claire Swedberg

13 de junho de 2018 - A empresa de construção Gilbane Building Co. está expandindo a implantação de um sistema RFID para gerenciamento de segurança de trabalhadores para um total de 12 canteiros de obras este ano. A solução da Triax Technologies, já em uso em seis sites, permite que a empresa de construção civil aumente sua velocidade de resposta a um acidente ou emergência de saúde e, assim, reduzir o tempo necessário para contabilizar os trabalhadores durante uma evacuação. A empresa espera expandir a tecnologia para rastrear equipamentos.

Depois de instalar o sistema no ano passado em um único canteiro de obras na Fairfield University, em Connecticut, a empresa descobriu que o tempo médio necessário para localizar um indivíduo ferido diminuiu em 91% com o uso de crachás habilitados para RFID. O sistema não só detecta uma possível ocorrência como transmite seus dados, incluindo a localização, para o software que avisa as pessoas responsáveis pelo atendimento. A solução consiste em Spot-r Clips usados pelos indivíduos no local de trabalho, receptores nos locais de trabalho e software baseado em nuvem para gerenciar os dados coletados. A Gilbane também está empregando Spot-r EvacTags em todo o site, para ajudar nas evacuações.

O sistema também permite que a construtora reduza o tempo necessário para contabilizar os trabalhadores durante uma evacuação
A Gilbane é a 12ª maior empresa de construção dos Estados Unidos, fornecendo serviços de gerenciamento de edifícios e instalações. Completou projetos de alto nível como o Prudential Center New Jersey Devils Arena em Newark e o Memorial da Segunda Guerra Mundial em Washington, DC. A empresa começou a procurar uma solução baseada em tecnologia para melhorar a segurança de seus funcionários cerca de 18 meses atrás, diz Jason Pelkey, CIO da Gilbane e vice-presidente sênior. Embora os projetos variem em tamanho, um site típico pode ter 300 funcionários no local - funcionários e subcontratados da Gilbane - e, às vezes, alguém pode se machucar.

Jason Pelkey, da Gilbane
"Todo tipo de coisa pode acontecer no dia-a-dia - desde cortes e arranhões até um tornozelo torcido", diz Pelkey, observando que tais lesões são muitas vezes ocorrem por uma queda. A empresa tem várias camadas de suporte de segurança, incluindo médicos em cada local de trabalho, um gerente e um diretor de segurança na sede da empresa para supervisionar todos os locais de trabalho.

Quando alguém se machucava antes da RFID, um colega de trabalho precisava usar um telefone ou ir fisicamente chamar um médico. A empresa optou por implantar o sistema Triax Spot-r no final de 2017 para tornar a comunicação de emergência mais rápida e eficaz. Os sensores no crachá do funcionário detectam quedas no trabalho, acionando uma mensagem automática para um médico no local.