RFID Noticias

Tags RFID são impressas com fotos coloridas

Primera lança impressora que codifica etiquetas RFID EPC UHF em crachás descartáveis ou cartões de identificação, para uso por visitantes ou convidados de feiras

Por Claire Swedberg

8 de maio de 2018 - Agências governamentais, empresas de serviços públicos e feiras estão entre as empresas que empregam crachás habilitados com RFID, para que possam monitorar de perto os movimentos de visitantes ou por segurança. No entanto, a maioria dos crachás deve ser feita com antecedência, ou então não têm dados sobre um indivíduo, suas credenciais ou a aparência da pessoa.

Para este caso de uso, a empresa de impressoras e acessórios Primera Technology lançou a impressora colorida de etiquetas RFID RX500, que permite a impressão e codificação de um funcionário ou crachá de visitante. O dispositivo pode imprimir texto sobre a ID e as credenciais de um indivíduo, bem como tirar uma foto colorida e imprimir na frente. Dessa forma, as empresas podem permitir que visitantes ou funcionários tenham seus dados em um selo impresso ou armazenados no software de back-end, juntamente com o número de identificação exclusivo, em poucos minutos.

Impressora colorida de tags RFID Primera RX500
Os crachás impressos e codificados da Primera podem funcionar com leitores e antenas RFID de empresas como a Brady Corp., que fornece os leitores de RFID para empresas que estão instalando o sistema para rastrear os movimentos de pessoas minutos após a sua chegada e o check-in. A Brady Corp. faz produtos de identificação, incluindo scanners de código de barras e leitores RFID.

A Primera Technology, com sede em Minnesota, projeta e fabrica impressoras digitais especializadas. A empresa anunciou sua nova impressora colorida com RFID no RFID Journal LIVE! 2018, realizado no mês passado em Orlando, Flórida. A RX500 é a única impressora de etiqueta RFID totalmente integrada, colorida e sob demanda, de acordo com Mark D. Strobel, vice-presidente de vendas e marketing da Primera. Quando usado em conjunto com uma solução de leitor fixo ou portátil, o dispositivo permite que as empresas gerenciem onde os indivíduos vão, com base nas leituras de seus crachás.

Tradicionalmente, a Primera oferece tecnologias de codificação e impressoras RFID para uso durante as maratonas; seu dispositivo RX9 pode imprimir e codificar tags embutidas nos bibs usados pelos atletas. Também fornece impressoras que podem criar crachás RFID para quem visita agências estaduais e outros locais, como usinas nucleares.

Com a RX500, quando um indivíduo chega às instalações, fornece seu nome, empresa ou outras credenciais ou mostra a identificação. Um funcionário pode inserir as informações do indivíduo no software ou simplesmente na própria impressora e, em seguida, usar uma câmera externa à impressora para tirar a foto dessa pessoa.