RFID Noticias

T-Systems leva IoT para seguros de carros

Lançada na Europa, a solução Digital Drive auxilia no gerenciamento de sinistros e permite às seguradoras oferecer novos serviços a proprietários de veículos

Por Edson Perin

6 de fevereiro de 2018 - A T-Systems, provedora alemã de soluções e serviços de TI, e a Spearhead, startup baseada em Zurique, estão reduzindo para apenas um minuto os vários dias que as seguradoras levam para analisar os danos nos veículos envolvidos em acidentes. Todo o processo de sinistro passa a ser digitalizado em um sistema – da notificação do acidente à documentação de danos, incluindo as avaliações e as ordens de reparo.

O gerenciamento digital de sinistros para seguradoras é o elemento principal da solução Digital Drive, oferta de carro conectado da T-Systems. A solução pode também oferecer funcionalidades de conexão a veículos novos e usados sem acesso à internet.

Interessante para seguradoras de veículos, adaptador fornece serviços de carro conectado
Para digitalizar o processo de sinistro, o veículo segurado é conectado por meio de um plug a uma interface de diagnóstico. Quando o acidente ocorre, a seguradora recebe imediatamente uma análise completa, por meio de um portal. Ao mesmo tempo, os custos de reparo são calculados em tempo real e a ordem de reparo pode ser emitida em seguida. Além disso, os documentos solicitados ao dono do veículo podem ser fornecidos via aplicativo.

O plug é um dispositivo está conectado à interface OBD2 de um carro, que conecta os veículos à plataforma e à infraestrutura de nuvem, e usa o barramento CAN para coletar suas informações. O dispositivo contém um sensor de aceleração e outro de GPS, além de usar conectividade móvel (GPRS) para se conectar ao backend e transferir a informação coletada.

O aparelho inicia sua operação assim que está conectado à interface OBD2, onde também recebe energia elétrica para operar (o dispositivo também possui uma bateria para backup). A primeira coisa que o dispositivo pede do carro é o seu VIN (número de identificação do veículo), além de valores adicionais como velocidade, quilometragem, condição da bateria, status do combustível, códigos de diagnóstico (DTC), etc.