RFID Noticias

Polícia acompanha crianças em peregrinação hindu

Uma solução baseada em RFID rastreará jovens no evento de dois meses, que atrai 50 milhões de peregrinos, para evitar a perda de crianças na multidão

Por Claire Swedberg

12 de janeiro de 2018 - Todos os anos, milhões de peregrinos visitam Sabarimala como parte de uma santa peregrinação hindu, um dos maiores eventos atendidos no mundo. Durante a peregrinação - uma caminhada ritual de uma trilha montanhosa para um templo, atendido por entre 40 e 50 milhões de pessoas - as crianças podem se separar de seus pais ou responsáveis. Tais incidentes são traumáticos tanto para as crianças quanto para os adultos com quem estão viajando, além de trabalhosos para policiais manterem a segança.

A Polícia do Estado de Kerala está usando a tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) passiva HF fornecida pela Vodafone para ajudar a proteger a crianças. O sistema permite que a agência fique atenta às crianças menores de 14 anos, de modo que nenhuma delas desapareça durante o anual Sabarimala yatra (a procissão dos peregrinos).

A peregrinação, que remonta ao século 12, ocorre na Reserva do Tigre de Periyar, localizada na serra do oeste da Ghat da Índia, e atrai de jovens a velhos. Para chegar ao templo, os adoradores devem caminhar até o topo da colina a uma altitude de 1.200 metros. O templo está aberto para adoração somente durante o ritual Mandala Pooja, que é praticado durante novembro e dezembro. Uma vez que as mulheres entre 10 e 50 anos não têm permissão para participar, há falta de supervisão materna para as crianças.

O caminho tornou-se altamente mais estruturado, oferecendo espaços de emergência e assistência médica para quem precisa. Em alguns casos, os peregrinos idosos ou deficientes contratam homens para levá-los ao topo em uma cadeira de bambu. Então, dentro desse ambiente, as crianças podem se separar daqueles que a observam.

Durante a peregrinação de yatra de cada ano, a Polícia do Estado de Kerala responde a várias centenas de relatos de crianças perdidas. A solução destina-se a fornecer um registro automático de onde cada criança está localizada. No caso de uma ou mais perder, o sistema permite que a polícia ajude os pais ou responsáveis, ao mesmo tempo que liberte o tempo que os oficiais gastariam de outra forma procurando crianças desaparecidas. O sistema RFID para crianças é voluntário e é fornecido gratuitamente aos usuários.

As famílias que viajam com crianças primeiro visitam o escritório da Polícia do Estado de Kerala, na cidade de Pamba. Essa estação está localizada na parte inferior da colina de 3 quilômetros que os peregrinos escalam para alcançar o Ayyapan Shrime em Sabarimala, de acordo com Ajit Chaturvedi, chefe de negócios da Vodafone na Kerala.