RFID Noticias

RFID automatiza segurança e dados de endoscópios

O Olympus Medical Systems Group lançou sua solução RFID HF para rastrear endoscópios em instituições de saúde

Por Claire Swedberg

6 de novembro de 2017 - A Olympus Medical Systems Group, divisão da Olympus America, lançou uma solução conhecida como Unifia que emprega identificação por radiofrequência (RFID) para rastrear a localização, histórico e estado dos endoscópios usados durante procedimentos médicos e cirúrgicos. O sistema é projetado para ajudar as instituições de saúde a gerenciar dados sobre o uso de endoscópios em pacientes, bem como o processamento e armazenamento dos dispositivos. O sistema serve como um passo além das outras soluções de RFID da empresa de dispositivos médicos que rastreiam apenas os testes e processamento de endoscópios antes do uso em pacientes.

A Unifia consiste em uma plataforma de software projetada para gerenciar dados sobre cada endoscópio Olympus, bem como leitores de mão que digitalizam etiquetas RFID ou códigos de barra. O software captura, interpreta e armazena os dados de leitura RFID, criando assim um histórico de onde cada endoscópio foi, quando foi usado e em que paciente. Também observará quais etapas de processamento foram concluídas ou perdidas. Essa informação fornece aos hospitais uma maior proteção contra infecção para pacientes, diz a empresa, bem como uma ferramenta de gerenciamento de ativos para garantir que os endoscópios estejam disponíveis quando necessário.

Sistema Unifia fornece documentação de reprocessamento, fluxo de trabalho e gerenciamento de ativos
Duas empresas de saúde estão testando a tecnologia desde fevereiro deste ano. Essas empresas pediram para permanecer em sigilo.

O Grupo Olympus Medical Systems é o maior fornecedor de gastroenterologia e endoscópios respiratórios nos Estados Unidos. A empresa possui mais de uma década de experiência com RFID. Desde 2005, cada um dos endoscópios Evis Exera II e Evis Exera III da empresa vem com uma etiqueta RFID passiva de alta frequência (HF) 13,56 MHz compatível com o padrão ISO 15693. Além disso, em 2010, ofereceu unidades de processamento habilitadas para RFID para desinfetar os endoscópios após serem limpas, juntamente com seu sistema de teste de vazamento ALT-Pro.

Desde 2015, diz Carolyn Klimas, diretora executiva de marketing da Olympus, a empresa vem desenvolvendo uma solução mais holística usando a tecnologia RFID que pode resolver dois problemas para os profissionais de saúde: segurança e gerenciamento de ativos. No caso de segurança, o sistema foi projetado para coletar dados automaticamente para rastrear endoscópios para que eles não sejam utilizados até que os procedimentos adequados sejam concluídos dentro de um período de tempo permitido.