RFID Noticias

Trabalho acadêmico da Unicamp ajuda a implantar RFID

Dissertação de mestrado, com 90 entrevistados, mostra as principais dificuldades a se evitar na instalação dos sistemas em empresas brasileiras

Por Edson Perin

22 de setembro de 2017 - A tese de mestrado defendida na Unicamp pelo aluno Eduardo de Araújo Moretti, sob a orientação do Prof. Dr. Rosley Anholon, revela as principais dificuldades que podem ser evitadas na instalação dos sistemas de identificação por radiofrequência (RFID). "Acredito que o principal conhecimento que o trabalho traz está no fato de alertar a comunidade de profissional de sistemas RFID sobre quais são as principais dificuldades que podem encontrar durante a etapa de implantação destes sistemas", explica Moretti.

As dificuldades, aponta o acadêmico, foram extraídas por meio de uma pesquisa com 90 profissionais de RFID. "As informações foram tratadas estatisticamente e divulgada nos resultados do trabalho", acrescenta Moretti, autor do trabalho de 80 páginas sobre implantações de identificação por radiofrequência.

O trabalho acadêmico teve como objetivo central identificar as principais dificuldades associadas a implantação de sistema RFID na concepção de profissionais que vivenciam esta experiência. Os procedimentos metodológicos utilizados foram pesquisa bibliográfica, para levantamento das 18 dificuldades que deram base ao instrumento de pesquisa.

Com a participação de 90 profissionais conhecedores da temática, a pesquisa permite compreender como se estruturam as principais dificuldades associadas às implantações de sistemas RFID. "A definição dos três grupos que representam a maior parte da variância do fenômeno estudado permitiu uma análise mais direta e objetiva", pontua Moretti.

Desta forma, foram criados grupos (fatores) e suas variáveis com maiores cargas fatoriais em cada um deles. Dificuldades Operacionais: a dificuldade para encontrar fornecedores capacitados a fornecer equipamentos para a estrutura RFID. Dificuldade para encontrar sistemas RFID amigáveis para todos os usuários diretos e indiretos deste novo sistema.

Somam-se ainda a ausência de normas para implantar sistemas RFID que possam ser usadas como diretrizes. Poucos estudos acadêmicos que possam servir de benchmarking ou apoio para a implantação de sistemas RFID. Planejamento: dificuldade para se medir impactos estratégicos e o real ganho para os clientes com a implantação de sistemas RFID, entre outros.