RFID Noticias

Pequenos drones podem ler etiquetas RFID

Isso ajuda o software do leitor localizar cada tag com base no ângulo em que sua ID é recebida enquanto o drone se move, usando algoritmos para determinar onde a etiqueta está situada, de acordo com a localização do drone e o ângulo de resposta RF. O grupo se refere a esta tecnologia como uma matriz de antenas virtuais no drone. Essa configuração é uma alternativa favorável à indicação de força do sinal recebida (RSSI), diz Adib, uma vez que os cálculos RSSI podem ser perturbados em ambientes internos por reflexos em torno das tags e do leitor.

O Media Lab testou o drone em seu próprio laboratório e descobriu que pode ler tags com precisão 100 vezes maior que a área de cobertura de um cenário de leitor e etiqueta de RFID. Ele testou a tecnologia no varejista de móveis Red Thread, em Boston, quanto à estabilidade e segurança da tecnologia aérea em um ambiente real.

Fadel Adib
O drone que os pesquisadores estão usando mede 30 centímetros por 40 centímetros e pode transportar um dispositivo com peso até 200 gramas. Como o relé pesa apenas 30 gramas, diz Adib, o sistema poderia funcionar em um drone ainda menor.

O próximo passo do grupo é desenvolver o sistema para capturar dados de precisão mais granulados. O objetivo, de acordo com Adib, é identificar a localização de uma etiqueta dentro de uma margem de erro de meio centímetro. Este nível de granularidade pode tornar-se cada vez mais importante, observa. "No futuro", afirma Adib, "você pode precisar de robôs para buscar um item e esse nível de precisão seria necessário" para garantir que o robô traga os bens certos.

Como essa precisão de localização granular será atingida, não se sabe, diz Adib. A longo prazo, acrescenta, o grupo planeja trabalhar com empresas parceiras que desejam ajudar a desenvolver uma solução completa para clientes comerciais.