RFID Noticias

Marca de cigarros melhora gestão de varejo

O sistema RFID empregado em prateleiras ajuda a manter a disponibilidade dos produtos nos locais de venda aos consumidores finais

Por Claire Swedberg

20 de junho de 2017 - Uma empresa de tabaco e uma cadeia de lojas de conveniência canadense criaram uma prateleira inteligente com identificação de radiofrequência (RFID) UHF para gerenciar o estoque de produtos nas loja. O sistema Smart Shelf, fornecido pela NeWave Sensor Solutions, permite que as lojas de conveniência rastreiem quando os maços são removidos das prateleiras e quando precisam ser repostos – e até quando o número de maços removidos ao mesmo tempo pode levar à suspeita de furto. Ao usar a tecnologia, a empresa de tabaco e o revendedor podem ver como os produtos estão sendo vendidos, sem colocar uma etiqueta RFID em cada produto.

O sistema RFID UHF da NeWave usa mecânica à base de mola que empurra os produtos para frente da prateleira conforme são removidos. Com as etiquetas RFID nesses empurradores, os leitores Nobel da NeWave com antenas capturam o número de identidade de cada tag à medida que as etiquetas se tornam visíveis para o sistema, cada vez que outro produto é removido e o empurrador da prateleira avança.

A NeWave desenvolveu a tecnologia Smart Shelf em 2016 como uma solução para ajudar os varejistas e as marcas a ver quais itens estão em estoque nas prateleiras da loja, sem exigir o trabalho manual envolvido para o pessoal da loja ou representantes da marca de contar visualmente cada unidade de estoque (SKU) na prateleira. A diferença entre esta solução e outros sistemas de plataforma inteligente RFID, diz John Pellegrino, gerente de desenvolvimento de negócios da NeWave, é que os usuários não precisam aplicar tags RFID nos produtos, mas na prateleira de vendas apenas.

Don Taylor
Tradicionalmente, os sistemas de prateleiras inteligentes baseados em RFID incluem leitores em prateleiras ou em torno de prateleiras, que leem a etiqueta em cada produto colocado em tal armário. Quando um produto é removido, o leitor já não lê sua identificação de etiqueta, e o software então determina que o item será comprado e precisará ser reabastecido. No entanto, rotular cada produto ainda não é economicamente viável em alguns casos, explica NeWave, uma vez que cada etiqueta deve ser comprada e a mão-de-obra necessária para aplica-la a cada produto é uma despesa adicional.

A tecnologia Smart Shelf inclui uma única tira de etiquetas RFID anexadas a cada empurrador de prateleira. Quando um empurrador está posicionado na parte de trás de uma prateleira repleta de produtos, um escudo cobre as etiquetas dos itens. Apenas uma etiqueta de identificador de prateleira é legível. O software NeWave captura a ID da etiqueta associada a essa prateleira e, se nenhuma outra etiqueta anexada ao empurrador estiver visível, o software baseado na nuvem interpreta esses dados e exibe, em um painel de controle, que o SKU específico está totalmente abastecido.