RFID Noticias

John Lewis controla seus bens de moda

A solução RFID UHF, fornecida pela Checkpoint Systems, inclui 25.000 SKUs que são etiquetados na fonte ou por terceiros e são rastreados em 34 locais no Reino Unido

Por Claire Swedberg

12 de maio de 2017 - A loja de departamentos do Reino Unido John Lewis implantou a tecnologia RFID EPC UHF em 34 de suas 46 lojas para melhorar a gestão do estoque de produtos de moda. A implantação ocorreu durante apenas três meses no final do ano passado e 25.000 unidades de produtos (SKUs), incluindo lingerie, roupas de dormir, de banho e vestuário formal para homens estão sendo monitoradas nesses locais por meio de leitores RFID.

A empresa optou por implantar tags RFID para SKUs de produtos inteiros para tornar a instalação mais simples de gerenciar, diz Rob Mitchell, gerente de vendas da John Lewis. "Este volume aumentará até 2017, à medida que seguir para mais sortimentos", relata Mitchell. No início de 2018, a varejista espera que todo o vestuário seja etiquetado durante três fases adicionais.

Rob Mitchell
A solução foi fornecida pela empresa de tecnologia de segurança Checkpoint Systems, que oferece software e serviços de integração, com tags da Avery Denison e leitores portáteis RFID fornecidos pela Zebra Technologies.

Os leitores portáteis são implantados em todas as 34 filiais e o software Checkpoint para gerenciar os dados de leitura coletados reside no servidor centralizado da varejista. Lá, o software fornece relatórios para equipes operacionais centrais e de agências.

Desde que o sistema foi acionado no final do ano passado, Mitchell relata que o aumento na disponibilidade aumentou as vendas. Um benefício adicional foi a redução nos níveis de estoque, diz ele, já que a empresa não precisa mais armazenar tanto nas filiais caso o produto acabe. "Podemos dirigir melhor nosso esforço de reabastecimento", diz Mitchell, "e os níveis de estoque foram reduzidos, pois temos sido capazes de confiar nos valores das ações e, portanto, remover o estoque de contingência".

A John Lewis, varejista líder de lojas de departamentos do Reino Unido, é de propriedade da John Lewis Partnership. Antes desta implantação, a empresa embarcou em um piloto RFID em 2014 e 2015 em três ramos de itens de moda. Com base no sucesso desse piloto, a loja decidiu implantar o sistema em um nível universal em SKUs inteiras. Aproximadamente 80% de todos os produtos etiquetados estão sendo marcados no ponto de fabricação, Mitchell explica, enquanto o restante está sendo etiquetado por um terceiro.