RFID Noticias

Clínica reduz tempo de espera de pacientes

Uma plataforma RFID está ajudando o Davis Medical Center, dos EUA, a identificar cada paciente e a melhorar a eficiência de atendimento

Por Claire Swedberg

21 de fevereiro de 2017 - Depois de reduzir o tempo de espera dos pacientes em sua clínica ambulatorial, a unidade de saúde Elkins W.Va. Davis Medical Center, um hospital do Davis Health System, agora está se preparando para expandir ouso da tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) para incluir monitoramento ambiental e gerenciamento de ativos. A tecnologia – Stanley Healthcare AeroScout Patient Flow Solution com MobileView Analytics – permitiu que a clínica reduzisse o tempo de visitas de pacientes para baixo de sua meta de uma hora. Além disso, a espera dos pacientes agora é inferior a 10 minutos.

O sistema foi instalado no início de 2014 usando a plataforma de software MobileView, excitadores de ultrassom da Stanley e etiquetas RFID Wi-Fi para identificar a localização das pessoas que se deslocam pelo centro ambulatorial. O sistema MobileView Analytics, adicionado no ano passado, permite que a clínica analise médias e outros detalhes e, assim, reduza ainda mais os tempos de espera, modificando o agendamento ou outras operações para otimizar a eficiência.

Tiffany Auvil
O sistema RFID entrou em operação na nova unidade de 7 mil metros quadrados do Davis Medical Center que fornece serviços para pacientes ambulatoriais, monitora os tempos de espera e identifica gargalos. A clínica passou então cinco meses avaliando o desempenho da tecnologia com a funcionalidade analítica, entre maio de 2016 e final do ano passado.

Em um dia típico, o ambulatório de dois andares (que abriga cerca de 55 salas de exame) atende de 200 a 250 pacientes em pediatria, cuidados femininos, podologia e cirurgia. Durante os próximos meses, o centro médico planeja expandir suas instalações para um piso adicional que trará mais pacientes e prestadores de cuidados de saúde.

"Tivemos um enorme crescimento desde 2015", diz Tiffany Auvil, principal coordenadora de testes de LPN e de ponto de atendimento do Davis Medical Center. A clínica serve seis condados em West Virginia. "Há alguns postos de saúde onde os pacientes podem esperar o dia inteiro, ou por três a quatro horas", diz Auvil. "Nós não queremos ser um desses lugares".

Até agora, com base nas medições baseadas em RFID, a clínica reduziu os tempos médios de espera de nove a 14 minutos para apenas cinco a sete minutos. O tempo de espera da podologia caiu de 14 minutos em média para 9,7 minutos, enquanto as esperas de cirurgia em geral foram cortadas de 10 minutos para 6,9 minutos.