RFID Noticias

Fliperama aumenta receita de jogos com RFID

Empresa lança versão RFID UHF de jogo que automaticamente vincula um jogador com os tickets ganhos para resgatar por brindes

Por Claire Swedberg

7 de fevereiro de 2017 - As pistas de boliche e de patinação do Family Entertainment Center (ou Centro de Entretenimento Familiar - FEC) encomendaram a nova versão do Ticket Time da Smart Industries Manufacturing Corp., com identificação por radiofrequência (RFID). A versão RFID do jogo, conhecida como Ticket Smarts, foi lançada em novembro de 2016 e visa a melhorar a experiência dos jogadores em resgatar seus pontos e, assim, aumentar os resgates de prêmios. O jogo guindaste permite aos usuários tentar pegar rolos de bilhetes através de uma garra suspensa, incluindo um leitor de RFID sob o "playfield" (campo de jogo) que contém tags RFID em rolos de ingressos, de modo que um jogador é automaticamente vinculado a suas vitórias, E pode então resgatar esses bilhetes no balcão de resgate do local.

A Smart Industries faz jogos para os parques de diversões da FEC e outras instalações que oferecem jogos de vídeo e árcade (conhecidos no Brasil como fliperama). Foi lançado em 1963 como uma empresa de diversão itinerante, em seguida, expandiu-se para locais permanentes em parques de diversões em todo o Midwestern dos Estados Unidos. A empresa começou a desenvolver e criar jogos de diversão operados por moedas (fichas) em 1985. Sua mais recente oferta, a Ticket Time, apresenta rolos de bilhetes que os jogadores pegam usando uma garra de joystick operada, que pode ser resgatado ou acumulado para ganhar prêmios de valor variável. Em vez de pegar um brinquedo ou bicho de pelúcia com a garra, os jogadores pegam tantos rolos de bilhetes quanto podem.

Jim Dupree
O jogo Ticket Time é uma resposta aos interesses crescentes dos jogadores, diz Jim Dupree, vice-presidente da Smart Industries. Em vez de simplesmente jogar uma vez para ganhar um brinquedo, os jogadores podem acumular pontos para ganhar um prêmio de maior valor. Os jogos são tipicamente instalados nas pistas de boliche da FEC e nas pistas de patinação, bem como em áreas nas quais os jogadores só podem estar presentes por alguns dias, como resorts onde as famílias estão de férias. Como tal, os jogadores podem acumular os seus bilhetes durante a tarde, fim de semana ou semana e, em seguida, resgatar os bilhetes por algo de valor relativamente elevado, como fones de ouvido, skates ou camisetas.

Ao longo dos últimos anos, os jogos da FEC têm sofrido transição para sistemas baseados em cartões em vez de versões operadas por moedas, incluindo o Ticket Time, que pode ser ativado por um cartão pré-pago. Com a RFID adicionada ao jogo, cada vitória pode ser alocada ao cartão de um jogador em particular, eliminando assim a necessidade de um dispensador de bilhetes para apresentar ao jogador os bilhetes físicos recuperados com a garra.

Ao chegar à FEC, um jogador passa para um balcão, onde pode comprar um cartão de jogar, semelhante a um cartão de crédito, que é carregado com crédito para permitir o número de jogos para os quais essa pessoa tem pré-pago. No jogo Ticket Smarts, o jogador passa o cartão no terminal, deduzindo assim o valor desse jogo, enquanto a máquina também armazena o número de ID exclusivo do cartão. O jogador pode então operar a garra, pegar os rolos de bilhete e soltá-los em uma cesta.