RFID Noticias

Artigos: Avaliação patrimonial com RFID

O investimento na tecnologia é compensado pela qualidade e precisão dos resultados, além de permitir inventários frequentes – entre outros benefícios

Por Carlos Ribeiro

10 de novembro de 2016 - O final do ano está chegando e milhões de reais serão gastos na avaliação patrimonial, tradicionalmente feita com etiquetas e plaquinhas de códigos de barras. Boa parte das despesas serão com as terceirizações do processo de inventário, consolidação ou a realização de inventários repetidos de bens físicos – ou seja, do patrimônio –, para atender a legislação fiscal.

A maioria das empresas recorrem e insistem em usar somente um método de identificação dos bens, frequentemente, etiquetas com código de barras. Às vezes, utilizam até duas ou mais etiquetas ou plaquinhas de barcodes para não se perderem na contagem do patrimônio.

Clique aqui e leia o artigo na íntegra.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »