RFID Noticias

Fábrica acompanha trabalho em andamento

Empresa usa RFID para saber quem concluiu quais tarefas, identificar gargalos, facilitar o controle de qualidade e monitorar a produtividade

Por Claire Swedberg

4 de novembro de 2016 - A Covercraft, fabricante de capas de cobertura para carros, nos Estados Unidos, está usando uma comunicação de campo próximo (NFC) RFID fornecida pela Shopfloor para acompanhar os horários e movimentos dos operadores em toda a sua fábrica. O sistema Shopfloor permite que a Covercraft saiba quais tarefas foram realizadas, por quem e quando; monitorar quem foi responsável no caso de ocorrer um erro; e pagar os trabalhadores com base na quantidade específica de tarefas que completaram. Vários fabricantes de roupas ou calçados estão empregando a solução Shopfloor de modo semelhante.

A Shopfloor produz soluções de controle de chão de fábrica sem fio para fabricantes de vestuário e outros produtos de consumo. Ao implementar o software Shopfloor Eye da empresa, em conjunto com a tecnologia NFC RFID ou QR codes, qualquer fabricante pode automatizar a coleta de dados de work-in-progress (WIP). Mas a Shopfloor está agora considerando o uso voltado para o consumidor e seus clientes. Se uma etiqueta RFID NFC for incorporada a cada produto, os compradores poderão usar seus dispositivos baseados no Android, com um aplicativo da loja, para acessar dados sobre um produto específico, como onde, quando e como esse item foi criado. Eles também podem ver fotografias do produto sendo montado.

Em uma fábrica de vestuário, os trabalhadores começam seus turnos batendo crachás NFC RFID contra o tablet Google Nexus 7 nas estações de trabalho
A Covercraft, que também fabrica tampas para assento de carro e painel, assim como esteiras e outros produtos, está usando o software Shopfloor Eye em conjunto com etiquetas RFID NFC incorporadas em crachás de funcionários e códigos QR impressos nos produtos. Quando um operador começa a trabalhar no início de cada dia, esse indivíduo toca seu crachá contra o leitor do tablet Google Nexus 7 que, em seguida, digitaliza um código QR impresso em cada produto. Esses dados são armazenados para que a empresa possa manter um registro de quem forneceu quais processos nesse produto. As informações podem ser usadas para identificar quando uma máquina ou operador não está funcionando corretamente ou onde ocorrem gargalos. A empresa está usando QR codes em vez de tags NFC, pois são menos caros quando comprados em grandes volumes.

Um fabricante porto-riquenho de produtos militares está utilizando o software Shopfloor Eye e tags NFC RFID feitas com chip NXP Semiconductors NTAG213 para rastrear cada par de sapatos através do processo de montagem, bem como fazer a correspondência desse produto para os trabalhadores individuais e máquinas que realizam a montagem. Esses dados, diz Justin Hershoran, parceiro Shopfloor, permite que os inspetores analisem facilmente as informações, fornecendo a sua própria entrada e encaminhando um item para a área de reparo, se necessário, antes de ser vendido ao cliente.

A empresa - que pediu para permanecer anônima - começou a usar a solução há aproximadamente um ano e mudou seu modelo de pagamento para compensar cada funcionário de acordo com o número de produtos que completou. O novo sistema economizou de 15 a 20 minutos do tempo de cada trabalhador (que anteriormente era gasto preenchendo papelada sobre quais tarefas estavam sendo realizadas), enquanto a produtividade dos funcionários aumentou 10 a 15%, uma vez que eles são pagos automaticamente por tarefa concluída.