RFID Noticias

Gelo inteligente avisa quando drink acaba

Cubo de gelo de plástico contendo um beacon Bluetooth será testado pela Martini, pela segunda vez, no GP do Brasil de Fórmula 1

Por Claire Swedberg

11 de outubro de 2016 - Quando pediram bebidas no último GP da Itália de Fórmula (F1) em um bar operado pela empresa de bebidas Martini, os torcedores receberam a bebida com um cubo de gelo inteligente contendo um beacon Bluetooth e um sensor, que poderia tanto esfriar o líquido como encomendar o próximo drink automaticamente. O cubo de gelo inteligente da Martini (Smart Ice Cube), projetado e fornecido pela agência criativa AMV BBDO, detecta quando um copo está vazio e automaticamente dispara um pedido da bebida, ao mesmo tempo que permite localizar rapidamente o indivíduo cuja bebida requer substituição.

O sistema tem duas finalidades, diz Laila Mignoni, diretor de excelência criativa da Martini: economizar tempo dos consumidores em busca de um garçom e evitar filas no bar para fazer novos pedidos. Além disso, impede que os clientes bebam demais, pois o sistema foi projetado para oferecer apenas duas doses por pessoa.

Cada Smart Cube emite uma combinação única de cores de LED
A Martini – ou Martini & Rossi – é uma das maiores empresas de bebidas do mundo e vende vinhos italianos, espumantes, vermutes e outros. A marca começou a trabalhar com a AMV BBDO neste ano para desenvolver uma tecnologia que desse maior visibilidade ao consumo e pedido de bebidas em bares. A Martini tem a intenção de fornecer a solução para bares, quando lançar o sistema em grande escala dentro de suas próprias áreas de convívio em GPs de todo o mundo ou em outros locais.

O Cubo Inteligente foi testado pela primeira vez no final do semestre passado em um bar de Roma, com poucas pessoas, diz Mignoni. Em seguida, foi testado novamente na Terrassa Martini Darsena, um bar pop-up no evento Grand Prix realizado em Monza em setembro.

O cubo contém sensores de líquidos capacitivos, um beacon Bluetooth Low Energy (BLE), uma antena, duas baterias de relógio, um processador on-board e uma luz LED, diz James Rowley, diretor de tecnologia criativa da AMV BBDO. O dispositivo transmite dados para um iPad no bar, que executa um aplicativo da AMV BBDO.

Quando um cliente pede uma bebida, o barman pergunta ao indivíduo se gostaria de usar o sistema inteligente e, se este concordar, o funcionário pede seu nome, que é celebrado o aplicativo no iPad do bar, juntamente com o número de identificação impresso no Cubo Inteligente. Cada cubo tem um número impresso que o relaciona a um elemento no software de gerenciamento de conteúdo, em um servidor baseado em nuvem. O nome do cliente é então relacionado ao respectivo cubo de gelo no software.