RFID Noticias

Processador de dejetos utiliza alta tecnologia

Um fabricante destes equipamentos adotou a RFID NFC para facilitar aos seus clientes acessar informações sobre seus produtos, incluindo manuais

Por Claire Swedberg

5 de agosto de 2016 - A Nutrient Control Systems (NCS) está usando tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) para comercializar equipamentos para manuseio de resíduos agrícolas e industriais, incluindo a linha de produtos Cri-Man de separadores, bombas e misturadores. Pela aplicação das etiquetas de RFID Near Field Communication (NFC) nos produtos que vende, a empresa espera ajudar potenciais clientes a aprender como os sistemas trabalham em operações agrícolas e para assistir a vídeos e ver folhetos. Além disso, a NCS planeja empregar a tecnologia NFC ainda este ano para ajudar os agricultores a obter instruções de operação ou para saber onde encomendar peças ou reparar suas máquinas.

A empresa de tecnologia de plataforma móvel Purple Deck Media, também dos Estados Unidos, fornece as tags NFC e o software para gerenciar os dados coletados.

A Nutrient Control Systems anexa uma tag RFID NFC a cada peça de equipamento que vende, como este separador Cri-Man, projetado para remover líquidos de dejetos bovinos
A NCS distribui soluções de agricultura sustentável, incluindo a CowFibre Bedding System, pelo qual os dejetos bovinos são processados em uma máquina separadora. O material resultante pode então ser usado como cama para as vacas, reduzindo assim a quantidade de resíduos que requerem eliminação, bem como outra forma de cama para o gado.

Por ser esta solução ainda um conceito novo para muitos agricultores, grande parte dos esforços de vendas da empresa está centrada na educação e simplesmente fazer agricultores cientes de que existe uma solução diferente, de acordo com Alyson Kemp, coordenador de marketing da NCS. Os e-mails e folhetos aos agricultores são bastante utilizados, assim como exibições em feiras. Quando o processo real não pode ser demonstrado ao vivo, os funcionários descrevem o processo aos agricultores por vídeos online.

Kemp tinha procurado novas maneiras de interagir com potenciais clientes sobre os produtos de sua empresa, quando veio a ideia de utilizar a tecnologia NFC. A empresa fornecedora já tinha desenvolvido para a NCS um aplicativo em março de 2016, permitindo que os clientes vissem vídeos e outros conteúdos sobre os produtos do fabricante. A Purple Deck Media também oferece uma solução baseada em NFC conhecida como TapLive, e Kemp diz que pretende usar etiquetas RFID NFC em feiras, antes de adicioná-las a todos os produtos fabricados.

A tecnologia NFC torna todo o processo mais automático, diz Nathan Neil, COO da Purple Deck Media.

A NCS fará uso do seu sistema baseado em RFID três eventos. Em cada show, a NCS levará alguns dos seus equipamentos de separação para clientes potenciais poderem visualizá-los. Como a empresa não pode operar as máquinas nos eventos, as tags RFID feitas com chip NXP Semiconductors NTAG213 permitirão que seus clientes vejam vídeos no seu smartphone através da plataforma de software TapLive.

Os usuários só precisam ter a funcionalidade NFC ativada em seu telefone, pois não precisam fazer download de um aplicativo. Quando um usuário toca seu telefone contra a tag RFID NFC, acessa o software TapLive no servidor em nuvem. O navegador web do telefone, em seguida, exibe uma opção de conteúdo, incluindo um vídeo que mostra o equipamento em uso.