RFID Noticias

Estudo de Caso: Volvo anuncia iniciativa global de RFID

A fabricante de automóveis eleva metas de produção para velocidade superior, melhorias gerais e redução de custos de processos

Por Samuel Greengard

28 de julho de 2016 - Para atender às exigências e complexidades de um fabricante global, o Volvo Car Group (Volvo Personvagnar) anunciou uma estratégia com tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) para gerar resultados referentes à inovação e na base da cadeia produtiva. A fabricante de automóveis sueca tem usado RFID, desde a década de 1990, para projetos de nicho. Agora, a empresa deu início a uma iniciativa de manufatura inteligente que visa a automatizar linhas de produção, impulsionar a entrega e reduzir custos em suas fábricas na Suécia, Bélgica e China.

O projeto, que foi lançado em 2008 e desde então evoluiu em 18 versões, une dezenas de tecnologias. Demorou cerca de seis anos para chegar à solução atual, diz Yvan Jacquet, gerente de comunicações de dados e projeto de conceito RFID do Grupo Volvo. A peça-chave do projeto foi a capacidade de usar tags RFID permanente ao longo de todo o processo de fabricação. A empresa também teve de lidar com o ambiente de produção, cujos desafios giram em torno de interferências de metal. Além disso, o desenvolvimento do software para operar e gerenciar o sistema necessário exigiu tempo e esforços significativos. "Havia muitas tecnologias e sistemas diferentes para trabalhar em conjunto", diz Jacquet.

Clique aqui e leia o artigo na íntegra.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »