RFID Noticias

Fábrica de brinquedos aumenta vendas

A Tegu instalou vitrines RFID em lojas para saber quais produtos são vendidos e automaticamente faturar o varejista

Por Claire Swedberg

13 de julho de 2016 - A Tegu, uma empresa de brinquedos com sede em Honduras e Estados Unidos, está implantando RFID UHF em acessórios para exibir e vender seus blocos de construção magnéticos e de madeira em consignação. Com a tecnologia RFID fornecida pela Seeonic em suas instalações, a Tegu pode acompanhar seu inventário remotamente enquanto garante que cada loja participante tenha abastecimento adequado. O resultado, segundo a empresa, é que a Tegu vende três vezes mais unidades de manutenção de estoque (SKUs) nessas lojas do que no passado.

A Tegu foi fundada em 2007 por Chris e Will Haughey, dois irmãos que queriam lançar uma empresa com um impacto social positivo em Honduras (o nome da empresa é derivado da capital do país, Tegucigalpa). Os brinquedos de construção de madeira e magnéticos são normalmente vendidos em lojas especializadas independentes. Essas lojas não têm um grande orçamento para a compra de estoque e podem, assim, oferecer apenas um número limitado de produtos (em média, de seis a oito SKUs por vez). Além do mais, nem sempre pedem novos produtos quando esses itens são vendidos.

O dispositivo elétrico inteligente da Tegu contém leitor SightWare RFID da Seeonic, que realiza contagens de inventário diárias de quaisquer produtos etiquetados com RFID em exposição
"Muitas vezes, uma loja administrada pelo proprietário, consegue gerir bem o seu inventário", diz Kevin Sergo, líder do projeto na Tegu. Em algumas situações, acrescenta, um representante de vendas da Tegu liga para uma loja e ouve: "que bom que você ligou! Eu precisava pedir produtos há três semanas, mas não tive chance".

Para ativar uma loja ou outros locais frequentados por crianças, tais como creches e museus, e oferecer mais produtos, a Tegu desenvolveu um programa de remessa conhecido como Special Retail Initiative (SRI), para que pequenas lojas ou empresas possam oferecer um número maior de seus produtos sem o risco de adquirir uma grande quantidade. Para gerenciar o inventário, a Tegu incorporou a plataforma RFID/IoT Solution da Seeonic em seus acessórios. A plataforma Seeonic consiste em um leitor RFID UHF e antenas, etiqueta RFID nas embalagens de cada brinquedo e software baseado em nuvem para gerenciar os dispositivos remotos e executar análise de inventário com base nos dados recolhidos .

Cerca de dois anos atrás (sem RFID), a Tegu instalou seus próprios equipamentos em cinco lojas, a fim de determinar se forneceria mais produtos para venda nas lojas, algo que beneficiaria tanto a Tegu como os varejistas. Naquela época, a empresa precisava de lojas participantes para contar os produtos nas prateleiras e enviar uma planilha indicando que tinha sido vendido. A Tegu poderia, então, cobrar o varejista após a venda ser concluída. Assim, conseguiram aumentar as vendas das lojas de duas a cinco vezes.