RFID Noticias

Portão de acionamento remoto ganha mais inteligência

Sistema permite aos usuários controlar as portas de garagem por smartphone e monitorar quando estão sendo abertas e fechadas, mesmo estando longe de casa

Por Mary Catherine O'Connor

16 de junho de 2016 - A Alliance Manufacturing Co. começou a vender controles remotos para portões de garagem em 1954. Desde então, os seus produtos básicos – um motor controlado por rádio que abre e/ou fecha uma porta – não foram alterados. Houve alguns enfeites de design nas décadas que se seguiram, tais como a adição de sensores de movimento que param o movimento da porta se um objeto está no caminho e o uso de teclados para permitir a entrada pela inserção de um PIN. A Overhead Door Corp. comprou a empresa, agora chamada de The Genie Co., em 1994, mas os produtos permanecem essencialmente os mesmos. Também são ainda fabricados nos Estados Unidos.

No verão passado, The Genie Co. começou a vender o Aladdin Connect, um kit de adaptação que conecta o controle de abertura de porta da garagem Genie à Internet das Coisas (IoT, do inglês Internet of Things) por uma rede Wi-Fi. Agora, após colher o feedback dos consumidores, a empresa está se preparando para lançar novos serviços para ampliar as capacidades do Aladim Connect, explica Steve Janus, VP e gerente geral da The Genie Co. para vendas e marketing.

O Aladdin Connect para o controle de abertura de porta da garagem Genie
O Aladdin Connect possui duas funções: permitir que um smartphone abra ou feche uma porta da garagem quando uma pessoa está em casa e enviar alertas para o telefone sobre o estado da porta quando o usuário estiver longe. Por quê? Janus diz que a segurança é uma parte da proposta de valor.

Janus diz que se está fora da cidade e recebe um alerta em seu telefone que a sua porta da garagem foi aberta num momento em que ninguém deveria estar em casa, não há muito que ele possa fazer, além de avisar membros da família. É por isso que a Genie está trabalhando para integrar o Aladdin Connect com sistemas de segurança ligados à Internet, além de, possivelmente, integrar câmera de segurança.

Clientes relatam que estão usando o Aladdin para dar acesso remoto, como diz Janus. "Se você vive em Chicago, mas está na Flórida", explica, "e sua esposa chama e diz que não pode entrar em casa porque não tem as chaves, você pode abrir a porta da garagem".