RFID Noticias

Alaska Airlines usa etiqueta nas bagagens

A companhia está oferecendo a 500 passageiros frequentes a chance para testar uma tag que combina um display, um rádio Bluetooth e um inlay RFID UHF passivo

Por Claire Swedberg

19 de abril de 2016 - A Alaska Airlines está fornecendo tags a 500 de seus passageiros frequentes etiquetas de bagagem de alta tecnologia que têm o potencial de acelerar o processo de check-in. A companhia aérea está empregando a Vanguard ID Systems ViewTag, que vem com um visor eletrônico (e-paper), um rádio Bluetooth Low Energy (BLE) e inlays RFID EPC Gen 2 passivos UHF. Em novembro de 2016, a companhia pretende avaliar os resultados antes de decidir se quer continuar usando o ViewTag ou torná-lo disponível para mais passageiros.

O ViewTag está em uso há mais de uma década, de várias formas, para substituir os formulários, com código de barras que as companhias aéreas atualmente utilizam para identificar e rastrear bagagens registadas pelos passageiros. O ViewTag foi projetado para atuar como uma etiqueta de bagagem inteligentes eletrônica reutilizável, que visa a poupar tempo dos passageiros na fila, permitindo que as companhias aéreas localizem melhor suas malas. Na sua primeira versão, o ViewTag estava equipado com Near Field Communication (NFC) e tecnologia RFID UHF, bem como uma tela de e-paper pequena para exibir o código de três letras representando o aeroporto de destino do passageiro. A versão mais recente, da Alaska Airlines, possui um e-papel maior, além de um rádio Bluetooth para que um usuário possa se comunicar com a tag através do aplicativo em execução no seu smartphone, e utilizar o telefone para atualizar informações de viagem, tais como número de voo e destino.

A Vanguard ID Systems ViewTag contém um inlay UHF passivo que as companhias aéreas podem usar para rastrear e identificar a bagagem, bem como uma tela de e-paper para exibir o número de voo do passageiro e destino
A versão mais recente do ViewTag vem com um rádio com tecnologia NFC, que também poderia ser usado para atualizar as informações de viagem exibidas no display e-paper. Neste momento, no entanto, os dispositivos iOS não são projetados para a função NFC.

Durante os últimos anos, a Vanguard ID vem trabalhando com a equipe de pesquisa e desenvolvimento de clientes da Alaska Airlines, conhecida como CX Labs, que visa a reduzir algumas das dificuldades comuns do transporte aéreo. A equipe foi criada em 2013, e um dos seus projetos tem sido reduzir o tempo de espera no aeroporto. O grupo testou um passe de impressões digitais para embarque e ID usando a biometria, e agora também está focado em encontrar um método melhor de rastrear bagagens.

A companhia aérea inicialmente testou a ViewTag, fornecendo tag para 50 funcionários e aproximadamente o mesmo número de clientes. "Até agora, nossos funcionários e clientes que testaram as tags têm ficado muito satisfeitos", diz Loesje DeGroen, gerente de pesquisa e de desenvolvimento do cliente da Alaska Airlines.

A companhia aérea já oferece um aplicativo para passageiros fazerem check-in e os 500 passageiros frequentes usando o ViewTag podem utilizar o aplicativo para verificar as malas. A tag se conecta à mala através de um cabo de nylon projetado para ser durável, de acordo com Richard Warther, presidente e CEO da Vanguard ID. Como o ViewTag tem um rádio Bluetooth, pode se comunicar com smartphones e tablets.