RFID Noticias

Editorial: O momento da RFID no Brasil

Apesar de nenhuma empresa estar imune aos impactos da crise, a inovação continua em alta e impulsionando negócios brasileiros com RFID dentro e fora do país

Por Edson Perin

9 de março de 2016 - Muita gente me pergunta se o mercado de identificação por radiofrequência (RFID) também está sendo impactado pela crise brasileira, que elevou e mantém o dólar em alta – apesar da pequena queda dos últimos dias –, provoca desemprego e desestabiliza as empresas. Minha resposta começa sempre com uma mensagem simples de ser compreendida: em um momento como este, ninguém está imune à tempestade, pois todos estamos no mesmo barco. Ou seja, está sendo igualmente difícil para todos manterem até o entusiasmo das equipes de trabalho, diante de um cenário com perspectivas tão negativas e uma fragilidade institucional tão aparente e transparente para o mundo.

Há, porém, uma outra mensagem que costumo dar e que resulta da minha experiência de vida como brasileiro e jornalista, inclusive de política e economia, onde consolidei o meu início de carreira: nenhuma crise dura para sempre e quem souber tirar proveito dela estará mais forte no final desta fase. Já testemunhei histórias de empresas que conseguiram domar o dragão da inflação, despachar o fantasma do desemprego e até superar a montanha dos juros, para depois de tudo saírem prontas para atingir o sucesso. Não será diferente agora, embora as desilusões sejam maiores.

Clique aqui e leia o artigo na íntegra.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »