RFID Noticias

Editorial: RFID ganha reputação positiva

Um segmento do Good Morning America sobre a loja Wonderland da Target em Manhattan retrata a tecnologia em termos elogiosos

Por Mark Roberti

22 de dezembro de 2015 - Nos primeiros dias da identificação por radiofrequência (2003 e 2004), a imprensa de negócios dominante apresentava a RFID de forma sensacionalista como a tecnologia que iria matar o código de barras e permitir ao inventário falar. Eu escrevi muitas colunas naquela época (quando jovem e não tinha cabelos grisalhos), matando as expectativas e dizendo que, apesar de ser a RFID uma ferramenta muito poderosa, ela não substituiria os códigos de barras e não seria uma tecnologia simples de implantar.

Então, em 2008, a RFID caiu no abismo. A imprensa de negócios foi híper-negativa sobre a tecnologia. Esta não funciona em torno da água e metal. As taxas de leitura são de apenas 60%. É muito cara, muito complexa e assim por diante. Escrevi um monte de colunas em torno do assunto dizendo que enquanto a tecnologia não fosse plug-and-play, esta não funcionaria e nem poderia entregar valor a muitas empresas. Felizmente, muitas empresas ouviram e implantaram soluções de sucesso.

Clique aqui e leia o artigo na íntegra.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »