RFID Noticias

Dispositivos online levam dados a fabricantes

Serviço oferecido a empresas de manufatura mostra informações sobre como os seus clientes usam os produtos que fabricam

Por Mary Catherine O'Connor

8 de outubro de 2015 - Para os fabricantes de dispositivos conectados, um importante benefício de associar produtos na Internet das Coisas (IoT) é a capacidade de entender melhor como esses produtos estão sendo usados . A conectividade torna a obtenção deste uso possível por meio de dados que vão de saber quando um produto é ligado até os padrões de uso ao longo do tempo, que servem para avaliar como uma atualização de firmware impacta a usabilidade. Isto torna mais fácil obter informações - e mais confiável - uma vez que um fabricante não depende de pesquisas com clientes.

A Ayla Networks, que trabalha com fabricantes de dispositivos que conecta produtos na Internet das Coisas, está lançando um novo serviço chamado Insights que irá fornecer dados sobre o uso de produto para os fabricantes que empregam plataforma IoT de Ayla. A maioria dos clientes de Ayla fabricam equipamentos de aquecimento e ar condicionado, detectores de fumaça, eletrodomésticos e iluminação. A melhor compreensão sobre como são utilizados esses produtos pode ajudar os fabricantes a desenvolver soluções mais adequadas aos seus clientes, explica Vish Pai, gerente da plataforma IoT da Ayla Networks.

Vish Pai
"No passado, os fabricantes não sabiam como seus produtos eram utilizados", diz Pai. "A plataforma Insight da Ayla dá visibilidade em tempo real sobre quando o produto foi encomendado, enviado, ligado, quantas vezes é usado e onde. E então os fabricantes podem tomar decisões com base nos dados obtidos".

O serviço Insight da Ayla cria um conjunto de dados sobre o ciclo de vida de cada dispositivo, começando com o seu ponto de fabricação e outras informações. Quando um usuário se registra e começa a utilizar o produto, os dados de produção e transporte são casados com a informação que o usuário compartilhou durante o registro. O conjunto de dados cresce à medida que o usuário seleciona as configurações; para um sistema de aquecimento ou arrefecimento, por exemplo, o serviço inclui ajustes de temperatura, temperaturas por zonas e configurações programadas.

Ser capaz de acessar os dados de uso em tempo real e informações de uso coletadas ao longo do tempo, diz Pai, permitirá aos fabricantes entender melhor como os padrões de uso se correlacionam com problemas de manutenção.