RFID Noticias

Pesquisa global aponta tendências da IoT na manufatura

Estudo patrocinado pela Zebra revela que a Internet das Coisas é vista como uma das iniciativas tecnológicas de maior impacto no setor industrial

Por Edson Perin

24 de agosto de 2015 - A Zebra Technologies , que fornece produtos e serviços para visibilidade em tempo real sobre ativos, pessoas e operações e que adquiriu parte da Motorola Solutions, em 2014 (leia mais em Zebra compra Enterprise Business da Motorola Solutions), apresentou os resultados de uma pesquisa segundo a qual 97% das empresas de manufatura considera a Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) uma das iniciativas tecnológicas de maior impacto em seu setor.

Grande parte dos entrevistados espera que a IoT traga dados operacionais e práticos sobre a localização e o estado dos ativos, o que deve melhorar as cadeias de suprimentos, mitigar perdas e riscos, e impulsionar a otimização de custos e processos, segundo a Zebra. O intuito é o de aprimorar as operações, a utilização de ativos e o atendimento ao cliente.

Jim Hilton
De acordo com Jim Hilton, diretor sênior de Global Manufacturing da Zebra Technologies, as operações de manufatura estão mais eficientes do que nunca, graças à instalação de maquinário inteligente e a sensores que criam um chão de fábrica conectado. "Isto reduz o tempo ocioso das máquinas, melhora a utilização dos ativos e reduz o tempo de chegada ao mercado".

O estudo mostra, na opinião de Hilton, que a Indústria 4.0 já está a caminho. "Mas precisamos compartilhar mais conhecimento e informações para aumentar a adoção da IoT no setor de manufatura", aconselha. "A Zebra Technologies tem o compromisso de reduzir essa lacuna, facilitando a criação de uma experiência mais intuitiva de manufatura, na qual processos, ferramentas e equipe estejam conectados de modo mais profundo e inteligente".

Os dados apontam que dos entrevistados 83% já implantaram a IoT ou planejam fazê-lo no próximo ano (2016). Tecnologias de Wi-Fi, sistemas de localização em tempo real (RTLS, na sigla em inglês), sensores de segurança, códigos de barras, GPS e computadores portáteis foram mencionadas como importantes para permitir a utilização de soluções de IoT.