RFID Noticias

Chip da Ceitec está disponível para o setor de transportes

O CTC13100 já pode ser utilizado por empresas que desenvolvem soluções para o Registro Nacional dos Transportadores Rodoviários de Cargas

Por Edson Perin

18 de agosto de 2015 - A Ceitec, empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) que desenvolve soluções para identificação por radiofrequência (RFID), disponibiliza o chip CTC13100 para empresas que estão desenvolvendo soluções para o Registro Nacional dos Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC) – leia em Brasil combaterá roubo de carga com tags. O chip RFID UHF atende às especificações determinadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e às normas de segurança e criptografia.

A ANTT determinou a instalação de tags de RFID em toda a frota brasileira de caminhões, estimada em 1,1 milhão de veículos, a partir do mês de setembro deste ano, com o intuito de aprimorar o combate ao roubo de cargas. Além disso, os caminhoneiros terão de ser recadastrados, como parte das iniciativas para implantar o novo sistema nacional de segurança e controle de cargas.

A tag da ANTT será colocada nos caminhões para combate de roubo de cargas e fiscalização de impostos
Apenas no ano passado, houve registros de 17,5 mil roubos de cargas e um prejuízo estimado de R$ 1 bilhão para o país, de acordo com a ANTT. A busca por uma solução levou o governo a considerar um sistema de rastreamento baseado em RFID, para verificar informações sobre caminhão e carga, além de fiscalizar o pagamento de impostos federais e estaduais.

De acordo com o superintendente de Pesquisa e Desenvolvimento da Ceitec, Cristiano Krug, a empresa deu início à comercialização do produto para esse segmento de mercado e está preparada para atender à demanda. “Como outros produtos da Ceitec, trata-se de uma solução one-chip com desenvolvimento totalmente nacional. Além de ofertar o produto, a Ceitec também está oferecendo o suporte técnico para as empresas que queiram desenvolver tags para uso no RNTRC. Temos chips para pronta entrega”, ressalta Krug.

Para o presidente da Ceitec, Marcelo Lubaszewski, o início da comercialização do chip para empresas que desenvolvem soluções para o RNTC demonstra a crescente presença da empresa no mercado de RFID em todos os seus segmentos (baixa, alta e ultra alta frequência). “Com o CTC13100 aumentamos o nosso portfólio de produtos e agora estamos atendendo mais um programa de governo”, salienta Lubaszewski.