RFID Noticias

Editorial: Um bom exemplo brasileiro para o mundo

Para aproveitar ainda mais o potencial da RFID, a Brascol passou a checar produtos embalados e, assim, aumentou a confiabilidade também das entregas

Por Edson Perin

28 de julho de 2015 - Quem acha que o Brasil só dá exemplo de coisas negativas para o mundo pode tirar o cavalinho da chuva. Localizada no bairro comercial do Brás, em São Paulo, a principal atacadista brasileira de moda infanto-juvenil Brascol não para de investir no aprimoramento do seu projeto de uso de identificação por radiofrequência (RFID), que já é reconhecido dentro e fora do Brasil.

Apesar de ser considerado o segundo maior caso de sucesso de RFID em todo o mundo, em volume de tags, atrás apenas da rede norte-americana Marks & Spencer (saiba mais em O mundo está diferente), a companhia continua buscando formas de colher mais resultados da implantação que, em poucos meses de utilização, já havia atingido o Retorno sobre o Investimento (ROI).

Clique aqui e leia o artigo na íntegra.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »