RFID Noticias

Editorial: Apostar a carreira em RFID

Como a identificação por radiofrequência está amadurecendo e ganhando força, ser um defensor da tecnologia tornou-se menos arriscado

Por Mark Roberti

23 de junho de 2015 - Em 2002, logo depois que lancei o RFID Journal, um cavalheiro (eu esqueci a empresa para a qual ele trabalhou) escreveu para mim e perguntou: "Você apostaria sua carreira na identificação por radiofrequência (RFID)?" Eu respondi dizendo que eu já tinha feito isso.

Quando fundei esta empresa, estava em um movimento de definição na minha carreira. Poucas pessoas vão lembrar que eu era o cara que tinha dito que RFID seria maior do que a internet. Se a tecnologia tivesse fracassado, como muitos previram que aconteceria, e a RFID Journal tivesse saído do negócio, eu tenho certeza que poderia ter conseguido emprego de jornalista em algum lugar. Mas, para mim, era RFID ou nada. Se a tecnologia não decolasse, eu não voltaria para o jornalismo. Eu estava cansado de como a maioria das empresas de mídia eram (e ainda são) gerenciadas favorecendo os anunciantes pelo dinheiro e apelando desesperadamente pelos leitores. Se o RFID Journal tivesse saído do negócio, eu provavelmente estaria dirigindo um táxi em Nova York ou transportando móveis na empresa de mudanças do meu primo.

Clique aqui e leia o artigo na íntegra.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »