RFID Noticias

Sistema ativo atende setor aeroespacial e governo

A tecnologia RFID da ID Integration e InfinID está sendo testada por duas empresas aeroespaciais para rastrear "work-in-progress" e ferramentas

Por Claire Swedberg

6 de maio de 2015 - Duas empresas aeroespaciais estão testando soluções de identificação por radiofrequência (RFID) que permitem a criação de uma rede mesh, sem fios, de etiquetas alimentadas por bateria que podem identificar os locais de movimentação e serem reconfiguradas rapidamente para acompanhar as mudanças de layout das instalações. As soluções RFID, fornecidas pelo integrador de sistemas ID Integration, incluem etiquetas V-Tags e o software AssetWorx! da InfinID Technologies. A empresa concluiu seu piloto e está integrando a solução para produção, enquanto que a segunda está ainda testando a tecnologia. As duas empresas pediram para permanecer anônimas.

Com base nos primeiros sucessos com os dois pilotos, a ID Integration diz que lançou a solução V-Tag para implementação comercial neste mês e que irá fornecer para os setores aeroespacial e governamental. A InfinID também começou a vender seu sistema V-Tag a clientes de outros setores, como saúde e militar.

Gary Moe
O sistema que a ID Integration e InfinID estão vendendo foi projetado para ser simples e fácil de implementar, relatam as empresas. Os itens de alto valor que se movem em torno de uma instalação aeroespacial são etiquetados com tags a bateria V-Tags, que transmitem sinais de 2.4 GHz através de um protocolo de interface aérea proprietária. As V-Tags também podem ser afixadas em tetos ou paredes, pilares, e a localização de cada uma destas etiquetas fixas é armazenada no software AssetWorx!. Um leitor de gateway está instalado em algum lugar na vizinhança, a fim de ler as transmissões do ativo imobilizado e tags, bem como encaminhar a leitura realizada de dados para o software identificar a localização de cada ativo em movimento. Em um mapa das instalações, o software AssetWorx! exibe cada etiqueta de patrimônio com base na localização do sinal da etiqueta de patrimônio e na força do sinal recebido das tags fixas.

A ID Integration fornece soluções para clientes tanto do setor aeroespacial como para agentes governamentais ou realiza trabalhos de manutenção e reparo. Como parte de suas soluções, a empresa oferece sistemas de gravação a laser para criar identificadores únicos em peças de aeronaves. Nos últimos anos, no entanto, começou a explorar soluções de RFID.

A empresa diz que não lançou a sua solução RFID ativa até que pudesse ter certeza de que a tecnologia seria benéfica e acessível a seus clientes. "Estamos vendo melhorias na tecnologia para etiquetas e leitores", diz Gary Moe, presidente da ID Integration. Tais melhorias, explica, incluíram as etiquetas e tags de metal para uma durabilidade mais longa da bateria. "Estamos muito cautelosos para lançar sistemas que sabemos que são confiáveis". A empresa tem um relacionamento de 10 anos com a InfinID, o que torna o código de barras, RFID passivo e, mais recentemente, as soluções RFID ativas na forma do V-Tag. No ano passado, a ID Integration começou a oferecer a V-Tag e o AssetWorx! para testes.

A primeira empresa a realizar um piloto foi uma fabricante de peças para aeronaves comerciais e setor de governo. Dentro da fábrica de 250 mil metros quadrados, a empresa tem de gerenciar o paradeiro de 3.000 e 4.000 ferramentas utilizadas. Como funciona para clientes específicos, o fabricante de peças normalmente utiliza ferramentas fornecidas por esses clientes e, portanto, precisa ser capaz de localizá-las. Periodicamente auditores representando os clientes chegam no local para identificar se as ferramentas estão em bom estado de funcionamento e em uso. Estes auditores caminham pela instalação em busca das ferramentas.