RFID Noticias

Como varejistas usam beacons

Os beacons estão permitindo criar publicidade baseada em localização para produtos colocados em lojas e grandes shoppings

Por Mary Catherine O'Connor

24 de abril de 2015 - O ShopAdvisor, um serviço de compras de consumidor que permite a comparação entre compras online direto das páginas digitais de uma revista, tem 6 milhões de usuários.

"Digamos que você está folheando a Cosmopolitan em seu tablet", explica Scott Cooper, CEO da ShopAdvisor. Você verá um pequeno ícone no canto da foto, diz, e uma mensagem do ShopAdvisor irá aparecer, dizendo: "Aqui estão o jeans que Kim Kardashian está vestindo e onde eles estão disponíveis", juntamente com os nomes de cinco varejistas que vendem a roupa. Você pode, em seguida, clicar e encontrar o varejista que vende jeans do seu tamanho e com preço que está disposto a pagar.

Anúncio da Levi’s
De repente, a revista torna-se uma plataforma de vendas.

Além disso, com ShopAdvisor, você diz ao aplicativo o que você gosta, o seu tamanho e o quanto está disposto a pagar, dados que vão para o seu perfil personalizado. Com base nessas informações, o ShopAdvisor envia ofertas especiais e ocasionais.

Mas, no ano passado, o ShopAdvisor levou sua aplicação para a Internet das Coisas. Em um estudo envolvendo Levi Strauss & Co., Titan (uma empresa que vende espaço de publicidade ao ar livre) e o provedor de beacons Gimbal, o ShopAdvisor executou um programa que envia ofertas especiais para os smartphones dos usuários do ShopAdvisor (que tinham optado pelo serviço baseado em localização no seu telefone e estavam com GPS ligado e radio beacon habilitado), quando passavam por um dos 150 beacons instalados em um quiosque de publicidade Titan perto das lojas da Levi’s, em Nova York e San Francisco. O teste durou cinco semanas.

As notificações push incluiam um cupom que oferece desconto de 30% em qualquer coisa da loja, afirma Cooper, juntamente com instruções para chegar na loja. Para evitar sobrecarregar o usuário, o aplicativo limita o número de mensagens entregues.

Os resultados do julgamento foram bastante positivos, Cooper relata. Enquanto uma taxa de resposta de 1% é o típico para anúncios baseados em GPS, 16% dos consumidores que receberam o aviso do ShopAdvisor visitaram uma loja da Levi’s. Os destinatários que também mostraram preferência por produtos da Levi’s em seus perfis do ShopAdvisor visitaram as lojas a uma taxa 2,6 vezes maior do que aqueles que não têm produtos da Levi’s listados.