RFID Noticias

Editorial: Novas percepções sobre RFID

Tenho ouvido muitas pessoas dizerem que mais empresas parecem se interessar por identificação por radiofrequência e por um bom motivo

Por Mark Roberti

11 de fevereiro de 2015 - As percepções sobre as novas tecnologias mudam ao longo do tempo. Isso é tanto o que diz o Gartner Hype Cycle como o ciclo de vida de adoção de tecnologia criado por Geoffrey Moore. Inicialmente, existe muito otimismo sobre uma nova tecnologia, como ocorreu com a RFID de 2003 a 2005. Mas, então, a realidade cai. As empresas acham que é mais complexo do que pensavam antes. A tecnologia entra então no “vale da desilusão” ou “abismo”.

Ao longo do tempo, a tecnologia amadurece. No caso da RFID, fabricantes de tags desenvolveram etiquetas passivas de frequência ultra alta (UHF) que podem funcionar em metal e em meio à água, e que podem ser lidas de modo mais consistente, independente da sua orientação, e em maiores distâncias. Provedores de soluções de RFID aumentaram a precisão de localização de seus produtos e conquistaram um desempenho mais confiável.

Clique aqui e leia o artigo na íntegra.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »