RFID Noticias

DIRECTV reduz tempo de inventário de anos para semanas

A empresa de televisão por satélite planeja utilizar um sistema de RFID, já em uso em seus centros de produção, para gerenciar um total de 200.000 ativos

Por Claire Swedberg

2 de fevereiro de 2015 - A empresa de transmissão de TV por satélite DIRECTV implantou um sistema de identificação por radiofrequência (RFID) para rastrear 200.000 equipamentos em três centros de transmissão. O sistema se destina a reduzir o tempo de rastreamento de inventário em dez vezes, relata a empresa, ao mesmo tempo em que pretende aumentar a precisão do inventário de 75% para 97%. A solução, fornecida pela RFID Global Solution, permite que a DIRECTV realize inventários de servidores e outros equipamentos, por meio de uma combinação de handheld e carrinho leitores. Os equipamentos, que estão sendo etiquetados com tags passivas RFID EPC Gen 2 UHF, incluem vídeo, amplificadores, roteadores, switches, decodificadores e sistemas relacionados a antenas.

O sistema de RFID entrou em operação em dezembro de 2014 e reduziu o tempo para controle de inventário de anos para poucos meses. A próxima fase do projeto envolverá ativos de laboratório da empresa em El Segundo, onde o trabalho de desenvolvimento de sistemas é realizado e, em seguida, em cerca de 190 locais – 13 são centros de transmissão remotos e outros centros localizados em todos os Estados Unidos.

As antenas são montadas em lados opostos da Auditoria de Compras, para que o leitor RFID possa capturar rapidamente as informações de ID das tags localizadas em ambos os lados de um equipamento
A DIRECTV tem três grandes centros de transmissão, um em Colorado e dois na área de Los Angeles, bem como várias instalações de coleta de sinal ou uplink, onde recebe feeds de estações de TV locais e opera instalações de uplink que encaminham o conteúdo coletado para as empresas por satélite, explica Adam Seskin, diretor de gestão de ativos e engenharia de transmissão da DIRECTV, durante um seminário virtual do RFID Journal realizado neste mês.

Em seus vários sites, a DIRECTV monta uma grande variedade de equipamentos em racks e ativos tendem a ser substituídos quando se tornam obsoletos, a cada três ou cinco anos. O inventário completo vale US$ 1 bilhão em ativos distribuídos em 200 localidades, afirma Seskin, o que significa que, em alguns casos, um ativo pode ser adquirido e ser aposentado sem nunca aparecer no registro de inventário. Para fazer o controle de estoque mais eficiente e preciso, a DIRECTV emitiu uma solicitação de proposta (RFP) para fornecedores de RFID. Selecionou o sistema Visi-Trac da RFID Global, segundo Seskin, devido à flexibilidade da empresa.

"A sua missão era melhorar a precisão e eficiência de inventário", diz Diana Hage, CEO da RFID Global, durante o evento virtual, recordando os requisitos que DIRECTV trouxe para sua empresa.