RFID Noticias

Empresas testam tag ativa por energia solar

Dois projetos-piloto, um da Japan Airlines outro do Aeon Mall, estão usando uma solução com beacons Bluetooth

Por Claire Swedberg

28 de janeiro de 2015 - A Japan Airlines está realizando um teste piloto de localização com Bluetooth em 13 aeroportos, usando uma solução fornecida pela Dai Nippon Printing Co. (DNP). Outro piloto, bem semelhante, está sendo realizado pelo Aeon Mall em alguns de seus locais no Japão.

Em cada local, a DNP instalou beacons (tags ativas) MB39C811 Bluetooth Low Energy (BLE) fornecidos pela Spansion, que vêm com circuitos de coleta de energia e gerenciamento de energia integrados (PMICs), bem como um painel solar para captar energia a partir da luz e usá-la para transmitir dados. A solução e beacon da DNP ajudam a identificar os dados de localização que a Japan Airlines e o Aeon Mall podem então empregar em seus próprios aplicativos instalados em smartphones dos clientes, a fim de proporcionar dados relevantes aos indivíduos.

O beacon MB39C811 da Spansion vem com um painel solar, eliminando a necessidade de uma bateria, se o nível de luz for suficiente para gerar energia suficiente
A DNP, com sede no Japão, fornece meios de informação, materiais impressos, pequenos cartões e outras tecnologias. No entanto, a empresa está expandindo seus negócios para outros mercados, como dispositivos eletrônicos e componentes de visualização. Recentemente, a empresa começou a desenvolver uma solução que consiste em beacons BLE movidos a energia solar e o software DNP back-end, para ajudar os usuários a identificar a localização de objetos e, assim, direcionar informações relevantes ou conteúdo de mídia para smartphones.

A DNP criou a iniciativa para aeroportos com a Japan Airlines e nomeou de iBeacon Project. Lançado em outubro de 2014, o projeto tem pelo menos um beacon instalado em cada um dos muitos portões de entrada de voos domésticos em 13 aeroportos japoneses. O objetivo até o final deste ano é proporcionar aos passageiros informações sobre os seus voos e capacitá-los a acessar automaticamente os cartões de embarque através de um aplicativo de telefone móvel. Eles poderiam então a passar pelo check-in com mais facilidade, mostrando o cartão de embarque no celular para o pessoal do aeroporto.

Como os beacons foram instalados em áreas de pouca luz do aeroporto, as conexões USB estão sendo usadas para fornecer energia adicional.

Em primeiro lugar, os usuários fazem o download da última versão do aplicativo de contagem regressiva da JAL no iTunes, que muitos dos clientes da companhia aérea já utilizam para obter informações como atrasos de vôo ou o tempo em cidades de destino. A JAL usa um kit de desenvolvimento de software da DNP para adicionar funcionalidade para o uso das balizas e software back-end da DNP. Quando um usuário chega a uma porta equipada com um beacon, o telefone detecta uma transmissão, o número de identificação que identifica o portão específico.

O app de contagem regressiva, que a JAL recentemente atualizou para suportar tecnologia de beacon, em seguida, abre uma página da Web que exibe dados de voo do passageiro. O beacon também pode iniciar a exibição do cartão de embarque no telefone da pessoa, de modo que possa simplesmente mostrar o telefone ao agente no portão. A JAL oferece uma versão Android, mas ainda não suporta beacons, diz Go Obara, gerente da Dai Nippon Printing.