RFID Noticias

Reportagem: Padrão EPCglobal reduz custos de soluções RFID

O protocolo favorece a implantação dos sistemas de identificação por radiofrequência em cadeias de suprimentos e torna as tags mais competitivas

Por Edson Perin

5 de setembro de 2014 - Desde que foi publicado pela primeira vez em 2004 pela GS1 EPCglobal, o EPC (Electronic Product Code ou Código Eletrônico de Produtos) tem sido utilizado com sucesso para definir os requisitos físicos e lógicos dos leitores e tags dos sistemas de identificação por radiofrequência (RFID), tornando-se o padrão para implantações de frequência ultra alta (UHF), na faixa de 860 MHz a 960 MHz, em diversos ramos de atividade. O novo Gen2v2, anunciado no final do ano de 2013, representa a última versão do protocolo de interface aérea da GS1 EPCglobal.

A nova versão foi reforçada em resposta às necessidades da comunidade de usuários EPCglobal. O Gen2v2 apresenta, assim, uma série de características opcionais compatíveis com os anteriores, incluindo a função Untraceable, para garantir a privacidade de dados, restringir os privilégios de acesso e reduzir o alcance de leitura de uma tag; suporte à autenticação criptográfica de etiquetas e leitores para verificar a identidade e origem, além de reduzir o risco de falsificação e acesso não autorizado; entre outras inovações (leia mais em O que traz o novo EPC Gen2v2).

Clique aqui e leia a reportagem na íntegra.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »