RFID Noticias

Empresa gerencia conferência por RFID

Os organizadores do C2MTL 2014 usam leitores nos portões para fornecer acesso rápido aos participantes e monitorar o tráfego dentro de várias áreas da conferência

Por Edson Perin

1 de setembro de 2014 - A Connect&Go, empresa spin-off da canadense RFID Academia, passou a comercializar uma solução UHF para atendimento e gestão de tráfego em conferências com a implantação de seu sistema C2MTL, neste ano. Ao contrário das outras soluções da Connect&Go para concertos, que consistem em etiquetas RFID NFC de alta freqüência (HF), embutidas em pulseiras e leitores, a solução UHF foi concebida para ser completamente não-disruptiva. O usuário tem de colocar o crachá com a tag e passar por um portão de acesso. Todos os dados sobre a localização do indivíduo são então geridos com base na coleta dos leitores UHF embutidos em portas e lustres dentro da sala de conferências.

O C2MTL (abreviação de "Comércio + Criatividade em Montreal") pretende ser tanto um festival como uma conferência de negócios. A solução foi projetada para atender as necessidades dos organizadores da conferência de tecnologia para ajudá-los a compreender melhor os movimentos dos participantes, com o intuito de realizar um melhor planejamento, bem como permitir que os visitantes entrem no site sem terem de apresentar as suas credenciais.

Em cada lado dos portões de entrada, os organizadores do C2MTL instalaram uma torre RFID Connect&Go, com uma antena e um painel de bloqueio RF para evitar que as etiquetas sejam indevidamente interrogadas pelos leitores adjacentes
O evento deste ano no Arsenal, recebeu 7.000 participantes, a maioria dos quais altos executivos de grandes empresas. Essas pessoas, que pagaram cerca de 4.000 dólares cada assistir a palestras de oradores como Mohammad Yunus, ganhador do Prêmio Nobel da Paz e presidente do think tank Yunus Centre; e o diretor de cinema James Cameron. Eles também participaram de uma série de atividades, incluindo a imersão em uma piscina seca cheia de bolas de plástico, com os olhos vendados e discutiram soluções para os problemas comerciais com outros participantes e palestrantes.

Os organizadores do C2MTL procuraram uma solução tecnológica para ajudá-los a identificar os locais dos participantes e monitorar como eles utilizaram seu tempo durante os programas específicos, além de fornecer um meio de permitir aos clientes simplesmente se locomover sem apresentar credenciais. O C2MTL contratou Martin Enault como seu vice-presidente de parcerias e tecnologia para ajudar a trazer essa tecnologia para o evento de 2014. Enault, fundador da empresa de tecnologia RFID para eventos Intellitix, queria uma solução mãos-livres baseada em RFID, que tipicamente consiste em uma etiqueta de alta freqüência (HF), que deve ser tocada em um leitor.

Enault diz que o C2MTL considerou várias opções para a tecnologia UHF e descobriu que a Academia RFID forneceu um sistema com o nível de precisão necessário para ler e rastrear grandes volumes de pessoas portando crachás RFID UHF, enquanto atravessavam os corredores para a sala de exibição. O desafio, explica Enault, era garantir que cada tag fosse lida na entrada e saída de um portão, e ser diferenciada de outras tags na área.

A Connect&Go oferece uma solução para controle de acesso a festivais, concertos e conferências, tradicionalmente composta por pulseiras HF para obter acesso a um local, bem como em cabines, para fazer coisas como postar fotos de si mesmos. No caso do C2MTL, o sistema precisava sim permitir que os usuários simplesmente caminhem por acessos de entrada de conferências, mas também emitir um alerta caso, por exemplo, quando um indivíduo comprou ingresso para outro dia do evento, mas não aquele em que ele ou ela estão entrando. Além disso, o sistema precisava ser capaz de identificar quando os convidados são localizados, a fim de ajudar a determinar os padrões de tráfego e entender o comportamento do participante.