RFID Noticias

Vale seleciona RFID entre seus melhores projetos

Mais de 119 ideias foram avaliadas pela companhia com o intuito de selecionar as que representaram os maiores ganhos corporativos

Por Edson Perin

11 de agosto de 2014 - A tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID) ficou entre as 18 melhores ideias adotadas neste ano pela mineradora brasileira e global Vale, produtora de minério de ferro e níquel. A companhia, que já vem colhendo resultados expressivos com a tecnologia em diversas áreas (leia mais em Vale estende uso de RFID para ferramentaria, Vale estuda ampliar projeto com RFID, Vale testa sistema para aumentar segurança no trabalho, Vale gerencia estoque de mais de 1.300 volumes de materiais e Vale apoia projeto do Memorial Drummond de Andrade), selecionou entre 119 iniciativas as que mais impactaram seu ambiente corporativo neste ano.

Dentre estas, foram escolhidas as de RFID que estão sob o comando de Carlos Teixeira, analista sênior da Vale, em Itabira, responsável pela implantação das soluções pioneiras na companhia e que será um dos palestrantes do RFID Journal LIVE! Brasil, nos dias 24 e 25 de setembro, no Centro de Convenções do Espaço APAS, em São Paulo.

A premiação ocorreu na última quarta-feira, dia 6 de agosto, em Lagoa Santa (MG), no Centro de Convenções do Hotel Ramada, no fórum da Vale que visou a apresentação de ideais destinadas a melhorar a produtividade do efetivo nas operações e manutenções da companhia no Brasil.

Armazém da Vale e, no detalhe, produtos com tags RFID
Dentre os principais ganhos obtidos com a RFID foram apresentadas a redução do tempo para contagem dos inventários, de 3 semanas para 2 horas; a redução do tempo improdutivo dos equipamentos em manutenção; ganho de produtividade dos planejadores de manutenção, que não desperdiçam mais tempo diligenciando compras de materiais que já existem em estoque; ganho de produtividade dos executores da manutenção, que com o sistema não precisam ir ao estoque físico; ganho de produtividade da equipe do estoque, que reduziu o tempo para localizar e entregar materiais; e economia do dinheiro pela empresa, que deixou de comprar materiais que já existem no estoque.

"É com satisfação que informo que o nosso sistema que utiliza a RFID para controlar os insumos usados nas manutenções de equipamentos foi considerado uma das melhores ideias da Vale no Brasil, em 2014", afirmou Teixeira à sua equipe, depois do evento que reuniu gestores e profissionais de todos os segmentos da Vale no Brasil, como investimentos, logística, patentes, ferrovias, portos, mineração, fertilizantes, Tecnologia da Informação e de melhorias operacionais.