RFID Noticias

Smartphone com NFC recarrega Bilhete Único, em São Paulo

A SPTrans homologou um aplicativo para Android que permite inserir créditos no cartão para pagamento de transporte público da cidade

Por Edson Perin

14 de julho de 2014 - Cerca de 95% do total de 6 milhões de passageiros diários de ônibus na cidade de São Paulo realizam os pagamentos de suas tarifas com o chamado Bilhete Único, solução baseada em tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID), que agora permite a recarga e consulta de créditos por meio de smartphones equipados com Near Field Communication (NFC).

De acordo com Pedro Gimene, superintendente de Tecnologia da Informação (TI) da São Paulo Transporte S.A. (SPTrans), empresa que tem por finalidade a gestão dos coletivos da cidade e a integração destes com metrô e trens, um dos reflexos do aplicativo (app) NFC será a diminuição das filas nos pontos de recarga, principalmente nos períodos de pico.

Duas telas da app para smartphone com NFC: a primeira convida o usuário a encostar o seu Bilhete Único no telefone e a segunda, após o contato entre cartão e celular, exibe o saldo e oferece a opção de compra de crédito
São realizadas em média 9,4 milhões de transações com cartões Bilhete Único todos os dias nos 15 mil ônibus de São Paulo, segundo Gimene, o que torna o sistema paulistano de pagamento de transportes públicos um dos maiores do mundo.

No dia 2 de julho de 2014, a companhia anunciou a homologação da app de recarga e consulta de créditos do Bilhete Único por smartphones com sistema operacional Android. O aplicativo foi desenvolvido pela Rede Ponto Certo, que já atua na comercialização de créditos do Bilhete Único.

Para utilizar a recarga por NFC, os passageiros deverão baixar o aplicativo em seu smartphone com sistema operacional Android 3.0 ou superior e preencher um cadastro com CPF, e-mail, número do cartão e senha. O programa está disponível na loja online Google Play e é gratuito.

Os aparelhos com a tecnologia NFC permitem a troca de informações sem fio, apenas com a aproximação entre dois equipamentos. No caso do Bilhete Único, o cartão deve ser colocado próximo ao celular para que seja reconhecido e lido. O saldo disponível será então apresentado na tela junto com a opção de recarga, inclusive por Vale Transporte.

Inicialmente, a recarga está sendo feita um ou dois dias após a quitação de um boleto bancário emitido pela loja virtual. A partir de 4 de agosto de 2014, o aplicativo permitirá comprar o crédito na hora, por cartão de débito bancário.