RFID Noticias

Estudo de Caso: Cidade acelera reparos de pavimentação

Dayton, nos Estados Unidos, está monitorando o asfalto das ruas para identificar empresas de serviços públicos responsáveis pelos consertos

Por Michael Belfiore

3 de julho de 2014 - A cidade de Dayton, em Ohio, nos Estados Unidos, obriga as empresas de serviços públicos, como fornecedoras de energia, água, esgoto e telecomunicações, que fazem buracos em ruas, avenidas e estradas para inserir cabos e tubos subterrâneos, que restaurem o pavimento após realizar os trabalhos. Se o reparo for feito às pressas e não ficar dentro dos padrões de qualidade exigidos, o remendo de asfalto poderá se deteriorar. Se nada for feito, um buraco pode surgir no local, contribuindo para o desgaste dos veículos e também aumentando riscos de acidentes.

Um problema deste tipo pode não aparecer durante semanas, meses ou anos após o corte e repavimentação de uma rua. Quando alguém reclama de um buraco ou reparo mal feito, é Shane Ward, inspetor encarregado de estradas de Dayton, quem descobre qual das empresas realizou reparos na rua em questão. Em média, há de 70 a 100 denúncias anualmente.

Clique aqui e leia o artigo na íntegra.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »