RFID Noticias

Empresa do Reino Unido adorna joias com mensagens

Com RFID, a Kiroko permite que compradores de seus pingentes e medalhas adicionem textos ou vídeos visíveis em um telefone com NFC por quem for presenteado

Por Claire Swedberg

14 de abril de 2014 - A empresa britânica de joias Kiroco, uma startup de dois anos e meio, lançou seus primeiros produtos: joias que empregam Near Field Communication (NFC), uma tecnologia RFID, para enviar mensagens pessoais. A tecnologia, conhecida como "Kiroco Touch", consiste em uma tag NFC incorporada a cada peça de joia, permitindo que os consumidores comprem uma medalha ou pingente como um presente e criem um vídeo ou uma mensagem de texto para o destinatário, que pode, então, ter acesso ao conteúdo tocando um telefone habilitado com NFC contra o item.

A tecnologia foi concebida pelo fundador da empresa, Nigel Townsend, um joalheiro e dono da Townsend Fine Jewellers. Durante os últimos anos, a Townsend tem observado um declínio de toda a indústria nas vendas de joias, pois os consumidores estão cada vez mais gastando dinheiro em aparelhos eletrônicos, como smartphones e tablets. Para atingir esses consumidores, ele concebeu uma solução tecnologica para joias, permitindo que compradores possam criar, armazenar e exibir mensagens pessoais baseadas em nuvem e disponíveis apenas para um destinatário que possui tanto a joia como um telefone habilitado e aprovado para ler a etiqueta incorporada.

Quando o presenteado toca seu smartphones com tecnologia NFC contra uma joia da Kiroco, o aplicativo exibe uma mensagem de quem comprou o presente
Os produtos consistem basicamente de pulseiras, medalhas e pingentes, todos fabricados pela Kiroco. Um chip NFC e antena são inseridos nas joias. O desenvolvimento da solução exigiu mais de dois anos de pesquisa e desenvolvimento, de acordo com Fiona Cartwright, diretora de vendas e marketing da Kiroco. O desafio foi identificar um método de incorporar uma tag NFC para transmitir através de metal. Cartwright diz que a empresa está trabalhando com vários fornecedores de tags NFC RFID, embora se recuse a nomeá-los.

Os produtos da Kiroco estão disponíveis online. Ao fazer uma compra, o consumidor cria um nome de usuário e uma senha que lhe permite enviar mensagens. Ele também introduz o número de telefone do destinatário do presente, de modo que seu smartphone seja o único autorizado a ler a tag embutida. O comprador pode, então, inserir texto de até 140 caracteres ou gravar uma mensagem de 10 segundos de vídeo que são armazenados em um servidor baseado em nuvem.

Antes de enviar o item para o cliente, um membro da equipe Kiroco usa um telefone celular habilitado para NFC para ler a tag RFID, relacionando assim o número de identificação da marca com os detalhes do pedido. Isso inclui informações do comprador e da mensagem, bem como o número de telefone autorizado a recebê-la.

Desde o lançamento do produto no Wearable Technology Conference and Expo, em Londres (no qual a solução ganhou o prêmio de Melhor Inovação), "as vendas estão indo muito bem", relata Cartwright. A empresa está atualmente em discussões com vários varejistas sobre a venda do produto em suas lojas, bem como com os fabricantes de telefone que podem oferecer o produto para acompanhar a venda de um telefone. Ela diz que a empresa está conversando com empresas na Europa, Estados Unidos, Oriente Médio e Ásia.

  • « Anterior
  • 1
  • Próximo »