RFID Noticias

Brascol investe no controle de estoque eficiente

Conhecida como a maior atacadista de moda bebê e infanto-juvenil do Brasil, a empresa reduziu para um terço o tempo médio para check-out de seus clientes

Por Edson Perin

19 de fevereiro de 2014 - A Brascol, tida como a maior atacadista e distribuidora de moda bebê e infanto-juvenil do Brasil, implantou uma solução de identificação por radiofrequência (RFID) para otimizar o controle de seus estoques, ampliar sua economia operacional e, principalmente, oferecer uma experiência otimizada de atendimento aos seus clientes. Com pouco mais de um mês de uso da solução desenvolvida pela ITAG, a companhia já conseguiu reduzir de uma hora para 20 minutos o tempo médio de atendimento de seus compradores com cerca de 500 produtos em quatro carrinhos.

"Trata-se de um ganho de agilidade enorme que é diretamente percebido pelos clientes. Acreditamos que isso trará bem estar e consequente fidelização de nossos clientes", afirma Nina Kudagawa, gerente da Brascol, que há 25 anos opera no Shopping Mega Polo Moda, em São Paulo. No negócio de atacado, é comum que os clientes façam suas reclamações diretamente na loja sem passar pelo SAC. "Muitos têm hora marcada para sair com o ônibus e uma economia de tempo é sinônimo de boa prestação de serviço. Já recebemos até elogios dos clientes mais antigos que notaram a grande agilidade da expedição", conclui Nina.

Loja da Brascol: atacado e distribuição
A execução do projeto levou em conta o melhor período para obter os resultados. Em função dos volumes de produtos e alta rotatividade do estoque, os volumes de etiquetas RFID são altos e, para se viabilizar um projeto com retorno de investimento não superior a 6 ou 8 meses, este fator foi determinante. "Durante os últimos anos, ocorreu uma drástica redução dos custos das etiquetas e demais componentes RFID, o que possibilitou o investimento do cliente na solução como um todo", diz Sérgio Gambim, coordenador do projeto e diretor da ITAG.

Nina Kudagawa, da Brascol
Os principais fatores de negócios que motivaram o projeto, afirma Nina, estão relacionados aos objetivos de prestação de serviços de qualidade e agilidade para proporcionar aos clientes uma experiência de compras cada vez mais eficiente, cuidando do seu bem estar. "Quando a mercadoria sai embalada, o pacote passa novamente pelo portal para ver se está tudo correto, se todos os produtos que deveriam estar dentro estão lá. Isto nos dá uma garantia de bom atendimento e para o cliente a certeza de que está levando tudo o que comprou", atesta Nina.

Durante os últimos três anos, a direção da Brascol em conjunto com a ITAG, seu parceiro de negócio que coordena o projeto desde o princípio, trabalharam no desenho da solução, desenvolvimento e homologação de fornecedores de tecnologia, organização de processos e acordos comerciais com os fabricantes. "Distribuímos aos nossos clientes grandes volumes de produtos todos os dias", informa Nina, para quem o desafio é melhorar com agilidade os processos críticos, como por exemplo, a expedição de grandes volumes.