RFID Noticias

Empresa de manutenção de aviões rastreia suas ferramentas

O sistema baseado em RFID torna mais fácil cuidar dos equipamentos de trabalho, eliminando a possibilidade de danos por objetos estranhos

Por Claire Swedberg

13 de fevereiro de 2014 - Uma empresa global de reparo, manutenção e revisão de aviões (MRO) está usando um sistema baseado em RFID da italiana NG Way para garantir que as ferramentas utilizadas para manutenção de aeronaves permanecem visíveis no sistema de gerenciamento de oficina. O extravio de uma ferramenta é uma ocorrência rara, mas pode custar caro. Isso porque um objeto solto, de qualquer espécie, em algum lugar dentro da própria aeronave, pode resultar em danos. A solução da NG Way mantém as ferramentas visíveis, graças a tags UHF RFID passivas da Xerafy e leitores fornecidos pela CAEN RFID.

A empresa de serviços de MRO de aviação, que pediu para permanecer anônima, opera 12 instalações em toda a Europa e nos Estados Unidos, usando o sistema em um desses sites, na Suíça. Embora os incidentes de danos FOD sejam extremamente raros, o custo resultante pode ser enorme. De acordo com um artigo da Boeing de 1998, pode custar mais de US$ 1 milhão para reparar um motor com danos.

A empresa acompanha ferramentas e tarefas de cada trabalhador, incluindo a manutenção dos equipamentos
Uma maneira de evitar que isso aconteça é ter cada trabalhador controlando manualmente todos os itens em sua maleta de ferramentas, para garantir que nenhuma fique faltando. Se uma ferramenta se extravia, não importa que seja pequena, deve ser localizada antes de o projeto ser concluído. A pesquisa pode ser especialmente difícil em situações em que uma ferramenta foi removida e devolvida por engano.

Para adicionar visibilidade ao processo, a empresa de MRO implantou um piloto do sistema de gerenciamento de ferramentas RFID da NG Way. A solução NG Way foi projetada para garantir a disponibilidade das ferramentas, que os gerentes possam saber onde foram utilizadas e por quais trabalhadores. Os dados ajudam os gestores a determinar quando os equipamentos precisam de manutenção ou calibragem.

Uma tag RFID da Xerafy, mostrada na foto acima, foi anexada à superfície de cada ferramenta
A instalação de MRO na Suíça começou testando a solução no ano passado 2013, quando foram anexadas tags passivas Gen 2 UHF Xerafy XS series Dot-On e Dash-On EPC em 276 ferramentas, como martelos, chaves de fenda, alicates e chaves de soquete, de uma variedade de tamanhos – todas armazenadas em um berço, explica Moreno Poli, CEO da NG Way.