RFID Noticias

Loja de departamentos dos EUA rastreia produtos finos

A Kohl’s instalou uma solução RFID fornecida pela Checkpoint que está sendo empregada em sua rede de lojas e centros de distribuição

Por Claire Swedberg

3 de fevereiro de 2014 - A loja de departamentos norte-americana Kohl's completou a instalação de uma solução de identificação por radiofrequência (RFID) para rastrear peças de produtos finos em suas lojas e nos centros de distribuição. A tecnologia foi implantada pela Checkpoint Systems, que forneceu o middleware, serviço de integração, hardware e tags. A implantação seguiu um piloto realizado em 25 lojas para medir a eficácia da leitura das etiquetas RFID passivas EPC Gen 2 UHF em roupas, durante a contagem de estoque. A solução foi implantada, em seguida, em diversos departamentos de vestuário, incluindo calçados, jeans e moda masculina (roupas íntimas e camisetas), e ao longo da cadeia de suprimentos destes produtos.

A Kohl’s opera lojas em todos os Estados Unidos. No primeiro semestre de 2012, a empresa começou a investigar o uso da tecnologia RFID para melhorar a precisão do inventário de itens e ler tags durante a contagem de estoque. No segundo semestre de 2012, a varejista expandiu a tecnologia para um piloto que envolve 25 lojas. Após o piloto bem-sucedido, a Checkpoint e Kohl’s começaram a planejar o lançamento por categorias de produtos selecionados, segundo Per Levin, presidente e diretor de vendas para soluções de disponibilidade de mercadorias da Checkpoint.

A implantação foi para rastreamento de apenas alguns bens, inicialmente os mais finos. No entanto, agora que a tecnologia está testada, aprovada e em operação, a expansão para outras unidades de manutenção de estoque (SKUs) será mais fácil de realizar.

A Checkpoint tem fornecedores de produtos na Ásia e em todo o mundo com etiquetas RFID impressas e codificadas por seus escritórios de serviços e os vendedores, em seguida, aplicam as tags nos itens antes de enviá-los para centros de distribuição (CD). Em um CD, as etiquetas podem ser lidas por leitores portáteis ou fixos.

A arquitetura flexível da Checkpoint pode ser configurada de diversas maneiras, ou seja, desde os dados distribuídos e baseados em nuvem ou uma combinação de soluções locais e remotas, dependendo da infraestrutura de TI do varejista e necessidades de negócios. No Kohl , a solução da Checkpoint foi instalada no datacenter central do varejista.