RFID Noticias

Acordeão conquista segurança contra falsificadores

Um comerciante finlandês de instrumentos musicais está usando uma solução NFC RFID para acompanhar venda e manutenção em sua loja

Por Claire Swedberg

22 de janeiro de 2014 - Quando um instrumento musical é vendido, comprador e vendedor têm dúvidas. O comprador deve confiar que o instrumento é autêntico e o vendedor tem de confiar que o instrumento, ao retornar, atende aos requisitos de garantia. Kristian Hyyppä, proprietário da Giulietti, empresa finlandesa que importa e revende acordeões na Europa, planeja adicionar um pouco de autenticação ao processo, graças a uma solução baseada em RFID que vai ajudar a garantir a história de cada instrumento por meio do uso de um smartphone com Near Fild communicaiton (NFC). A solução, conhecida como RE-AD INFO, foi desenvolvida pela finlandesa FinnCode Ltd.

A loja de Hyyppä, localizada em Seinäjoki, Finlândia, vende acordeões a preços entre € 2.000 e € 20.000 (US$ 2,700 e US$ 27.000). Cada instrumento vem com uma garantia de três anos, que se anula se o proprietário não revisar o instrumento na loja após o primeiro ano de uso. A prova de que tal serviço foi realizado, muitas vezes, pode ser difícil para um cliente apresentar ou para Hyyppä confirmar. Como os instrumentos são de valor elevado, há uma preocupação dos clientes também. Por um lado, se um instrumento for perdido ou roubado e posteriormente recuperado, pode ser quase impossível identificar o legítimo proprietário, se o seu número de série tiver sido destruído ou removido. Além disso, para as companhias de seguros também é um desafio.

Tecnologia NFC da FinnCode oferece informações personalizadas por NFC em urso de pelúcia

A solução da FinnCode consiste em tags NFC aplicados dentro do instrumento e informações hospedadas no servidor da própria empresa. Uma loja ou fabricante paga uma taxa para introduzir um instrumento no serviço e pode, então, repassar o custo para os clientes que desejarem o serviço. Assim, qualquer pessoa equipada com um telefone NFC pode então visualizar ou atualizar as informações sobre um instrumento musical.

A FinnCode foi criada em maio de 2012 para prestar serviços de publicidade habilitadas por NFC RFID ou tecnologia QR-Code, de acordo com Jari Salmela, co-fundadora da empresa. Os anunciantes podem usar o serviço para permitir que os clientes potenciais leiam um QR-Code ou uma tag NFC RFID e, em seguida, dispor de dados promocionais. Por exemplo, uma empresa de laticínios finlandesa utiliza o serviço com QR-Code em caixas de leite, a fim de permitir que os usuários acessem as propagandas.

Em maio, a empresa lançou um ursinho de pelúcia com tecnologia NFC, que relaciona o dono aos dados pessoais de um amigo ou ente querido. Por exemplo, uma mulher que recebe um urso pode tocar seu telefone habilitado para NFC contra o coração do bichinho que está segurando. O telefone captura o número de identificação da tag NFC RFID e é direcionado ao servidor RE-AD, fazendo o telefone mostrar as mensagens pessoais do remetente. Ela também recebe alertas em seu telefone quando seu urso tem novas mensagens para ela. O ursinho de pelúcia está sendo vendido em algumas lojas na Finlândia.