RFID Noticias

Motorola lança novo leitor fixo

O FX7500 foi projetado para garantir um melhor desempenho em ambientes de negócios, mantendo um preço competitivo

Por Mark Roberti

21 de janeiro de 2014 - A Motorola Solutions lançou um novo leitor fixo RFID (identificação por radiofrequência), para tags passivas UHF, baseado na interface aérea de protocolo padrão EPC Gen 2. O FX7500 foi projetado para substituir o FX7400, como leitor de classe empresarial da Motorola para o varejo, escritórios, hospitais e outros ambientes não-industriais.

O FX7500 difere do modelo FX7400 na medida em que não contém um chip de RFID que incorpora as funções primárias de um leitor de RFID UHF num único IC (circuito integrado). Muitos leitores UHF EPC atualmente no mercado têm sido fabricados com um dos chips Impinj Indy, como o R1000. Em vez disso, o novo leitor da Motorola foi projetado com componentes de leitor em uma placa de circuito, a fim de oferecer melhor desempenho de RF (radiofrequência), incluindo maiores velocidades de leitura e gravação e aumento da sensibilidade.

O leitor FX7500 da Motorola
"O que isso significa é que o FX7500 pode oferecer melhor desempenho de RF, inclusive em ambientes densos de leitores", diz Mike Poldino, vice-presidente da divisão de RFID da Motorola. "O FX7400, por exemplo, era capaz de ler 800 etiquetas por segundo; já o novo FX7500 pode ler 1200 etiquetas por segundo – um aumento de 50 por cento".

O novo leitor apresenta várias especificações técnicas aprimoradas e tem duas portas de entrada para uso geral e três portas de saída, contra duas a duas do FX7400. As portas de entrada permitem que o leitor seja acionado para começar a ler as etiquetas com um infravermelho ou para ser ligado a um ecrã táctil. Permitir que as portas de saída do interrogador controlem outros dispositivos, tais como luzes, transportadores e assim por diante. A porta adicional fornece aos usuários mais flexibilidade para adicionar outro dispositivo.